Home Notícias Polícia Professor acusado de estuprar aluna de 11 anos é morto e jogado no rio

Professor acusado de estuprar aluna de 11 anos é morto e jogado no rio

2 min - tempo de leitura
743

 

O professor de música Erli Delmar Essi, 72 anos, foi encontrado morto no Rio Cuiabá, próximo à Ponte Sérgio Motta, na tarde desta terça-feira (15). Há cerca de dez dias, ele foi denunciado por suspeita de estuprar uma aluna de 11 anos, em Várzea Grande (região metropolitana da Capital).

Segundo informações da Polícia Civil, o corpo do professor foi localizado por volta das 15 horas por uma equipe da Polícia Militar. O cadáver estava boiando na beira do rio, com o rosto bastante machucado, duas pedras amarradas em sua perna e uma no pescoço.

O local foi isolado até a chegada do Corpo de Bombeiros, que fez a confirmação do óbito. A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) e o Instituto Médico Legal (IML) irão apurar a causa da morte, bem como a Polícia Civil.

O estupro

No dia 4 deste mês, uma aluna de Erli contou para a mãe que teria sido abusada pelo professor durante uma aula de música. Na ocasião, a PM foi acionada e seguiu até a residência do suspeito, mas ele teria fugido.

Um boletim de ocorrência foi registrado e a Polícia Civil passou a investigar o caso.

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Roger Siqueira
Carregar Mais Em Polícia

Deixe uma resposta

Leia Também

Prefeito cancela Réveillon e afirma: “Não é um ano de festas”

“Não é um ano de festas. É um ano de luto, de reconstrução, de curar nossas feridas”, diss…