Projeto ‚ÄúAmazonas sem Fronteiras‚ÄĚ leva Educa√ß√£o Tecnol√≥gica ao interior da floresta

31

A exemplo da √ćndia, que se tornou um grande p√≥lo mundial como ind√ļstria de software e servi√ßos de TI ‚Äď Tecnologia da Informa√ß√£o com atua√ß√£o no mercado global, o objetivo do ‚ÄúAmazonas sem Fronteiras‚ÄĚ √© transformar a realidade de comunidades no interior do Amazonas e de jovens em vulnerabilidade social ou com algum tipo de defici√™ncia, que tenham terminado o n√≠vel fundamental de ensino e ou estejam cursando o ensino m√©dio.

Projeto lan√ßa campanha, site e aplicativo agora em dezembro e formar√° hub de conectividade em pleno cora√ß√£o da Amaz√īnia / Divulga√ß√£o
Projeto lan√ßa campanha, site e aplicativo agora em dezembro e formar√° hub de conectividade em pleno cora√ß√£o da Amaz√īnia / Fotos/cr√©dito: Gilson Cunha

Com conceito inovador, o projeto busca impulsionar a forma√ß√£o tecnol√≥gica de povos e comunidades tradicionais em pleno cora√ß√£o da floresta, bem como promover conectividade e desenvolvimento sustent√°vel no interior do Amazonas. ‚ÄúAmazonas sem Fronteiras‚ÄĚ √© um projeto social proposto pela Sister Special, Organiza√ß√£o da Sociedade Civil de Interesse P√ļblico ‚Äď OSCIP que nasceu no Amazonas e que atua em parceria com outras organiza√ß√Ķes similares em todo pa√≠s na forma√ß√£o e capacita√ß√£o de adolescentes vulner√°veis socialmente e pessoas com defici√™ncia, com o objetivo de levar educa√ß√£o tecnol√≥gica para essa regi√£o t√£o carente.

A iniciativa conta com a participa√ß√£o de uma grande rede de apoiadores envolvidos com a causa e tamb√©m apoio do primeiro setor, entre eles, a parceria com a cidade de Juru√°, munic√≠pio sede do projeto onde ser√° instalado o 1¬ļ Centro de Educa√ß√£o Tecnol√≥gica do projeto, ¬≠que abrigar√° aulas presenciais e aulas interativas (professor-aluno-professor) via internet sem fio e Smart TVs, salas com computadores e est√ļdio de transmiss√£o, links de redes e IoT (internet das coisas), a partir da base de fibra de operadoras ou via sat√©lite.

O sinal de internet sem fio será transmitido da sede da escola de Juruá para as salas de aula online instaladas em 8 subpolos (sedes dos municípios ou sede das comunidades indígenas), que compreendem: São Paulo de Olivença, Fonte Boa, Carauari, Tefé, Caiçara, Maraã, Coari e Eirunepé.

Projeto lan√ßa campanha, site e aplicativo agora em dezembro e formar√° hub de conectividade em pleno cora√ß√£o da Amaz√īnia / Divulga√ß√£o
Projeto lan√ßa campanha, site e aplicativo agora em dezembro e formar√° hub de conectividade em pleno cora√ß√£o da Amaz√īnia / Fotos/cr√©dito: Gilson Cunha

O pr√©-lan√ßamento do projeto ocorreu durante o workshop da SEMEF – Secretaria Municipal de Finan√ßas de apresenta√ß√£o do sistema de nota fiscal eletr√īnica de Manaus, realizado no audit√≥rio da Federa√ß√£o das Ind√ļstrias do Estado do Amazonas (FIEAM), juntamente com o Centro da Ind√ļstria do Estado do Amazonas (CIEAM) e C√Ęmara de Com√©rcio e Ind√ļstria Nipo-Brasileira do Amazonas, em Manaus, no dia 29 de novembro, que reuniu mais de 300 participantes de empresas do Estado do Amazonas.

Com a proposta de romper diversas fronteiras: do isolamento, da vulnerabilidade social, do conhecimento, da tecnologia, do desenvolvimento local e da desigualdade total e absoluta, o projeto tamb√©m fortalece saberes locais, leva respeito, dignidade e valoriza os verdadeiros guardi√Ķes da floresta, trazendo novas perspectivas e possibilidades de desenvolvimento para o interior da Amaz√īnia e tamb√©m apresenta a import√Ęncia desta regi√£o para o Brasil e para o mundo, de dentro para fora, com a apropria√ß√£o da tecnologia por estas comunidades.

De acordo com dados da regi√£o, cerca de 790 mil pessoas tem algum tipo de defici√™ncia no Estado do Amazonas e mais de 1 milh√£o enfrentam dificuldades para ter acesso √† educa√ß√£o, cursos t√©cnicos e forma√ß√£o tecnol√≥gica. A proposta busca trazer novas alternativas para mudar essa matriz econ√īmica do interior do Estado, com base no bin√īmio: educa√ß√£o e acesso √† tecnologia, o que n√£o √© simples de se resolver em se tratando das adversidades e caracter√≠sticas locais espec√≠ficas, onde at√© luz √© dif√≠cil de chegar, ainda mais a internet.

√Č preciso entender que nesta regi√£o, as estradas s√£o os rios, sendo imposs√≠vel pensar um projeto de educa√ß√£o que facilite o acesso √† popula√ß√£o carente, sem o recurso da internet. Atualmente, a interliga√ß√£o entre estas localidades se d√° basicamente por vias fluviais, compostas pelos rios que cortam toda floresta, em alguns casos, chegar at√© Manaus, pode significar at√© 20 dias viajando de barco.

O Fundo Municipal dos Direitos da Crian√ßa e Adolescente de Juru√° assinou um termo de fomento com a Sister Special e juntos lan√ßam oficialmente nesta quarta, dia 15 de dezembro, a plataforma online desenvolvida para orientar os contribuintes a destinarem parte do Imposto de Renda (IR) para o projeto. Esta destina√ß√£o deve ser feita para o Fundo Municipal dos Direitos da Crian√ßa e do Adolescente de Juru√° at√© o fim do ano, que no caso deste ano o prazo vence no √ļltimo dia √ļtil, 29 de dezembro de 2017.

Projeto lan√ßa campanha, site e aplicativo agora em dezembro e formar√° hub de conectividade em pleno cora√ß√£o da Amaz√īnia / Divulga√ß√£o
Projeto lan√ßa campanha, site e aplicativo agora em dezembro e formar√° hub de conectividade em pleno cora√ß√£o da Amaz√īnia / Fotos/cr√©dito: Gilson Cunha

Como destinar o IR para o Amazonas sem Fronteiras?

O contribuinte interessado em fazer a doa√ß√£o para o projeto, pode entrar no site: www.amazonassemfronteiras.org.br. Se as doa√ß√Ķes forem realizadas ainda dentro deste ano (at√© 29/12), a pessoa f√≠sica pode descontar at√© 6% do IRPF devido na declara√ß√£o (usando modelo completo) e as empresas, pessoas jur√≠dicas‚Äď podem deduzir at√© 1% do IR devido (empresas tributadas pelo lucro real).

Muita gente n√£o sabe que parte do Imposto de Renda (IR) pode ser destinado para fundos e programas sociais, considerando as possibilidades previstas na legisla√ß√£o, e que muitos projetos s√£o mantidos por estas doa√ß√Ķes. Para isso, √© preciso doar at√© o √ļltimo dia √ļtil do ano de refer√™ncia, neste caso, 29 de dezembro de 2017.

No caso das pessoas físicas, que têm imposto retido na fonte, também é possível realizar a doação para posterior devolução do total da destinação, desde que dentro do limite de 6% do IR devido.

Tanto pessoas f√≠sicas quanto jur√≠dicas que quiserem apoiar o projeto diretamente podem fazer as contribui√ß√Ķes espontaneamente, de forma mensal ou anual, como s√≥cio contribuinte, fazendo parte da rede de apoiadores do projeto.

Conectando uma regi√£o extensa

Mais do que um projeto de educa√ß√£o profissionalizante e de inclus√£o tecnol√≥gica e digital, o Projeto Amazonas sem Fronteiras dever√° ter grande influ√™ncia no cotidiano das pessoas que vivem em uma regi√£o de extrema dificuldade econ√īmica e de dif√≠ceis condi√ß√Ķes de vida, ainda que extremamente farta e rica em recursos h√≠dricos e de peixes e frutos da floresta.

A partir de Juruá, cidade sede, que tem realidade comum aos demais municípios abrangidos pelo projeto. Ao todo, cerca de 100 mil pessoas deverão ser impactadas diretamente. Devido à vastidão territorial do Amazonas, o projeto vai chegar a municípios que distam 551 Km em linha reta da cidade de Juruá, a qual fica a 672 km de Manaus, capital do Estado.

H√° munic√≠pios que demoram at√© 20 dias para chegar em Manaus, de barco. Quando falamos do Amazonas, estamos falando de dist√Ęncias enormes que mesmo de carro levaria horas de viagem para atravessar tamanha extens√£o.

O 1¬ļ Centro de Educa√ß√£o Tecnol√≥gica ser√° instalado em um pr√©dio de 600 m¬≤, j√° constru√≠do no munic√≠pio de Juru√° e em fase de acabamento, que ir√° abrigar o hub central do projeto. Este centro ligar√° as comunidades por meio dos 8 subpolos, formando assim um Corredor de TI em pleno Amazonas.

Os cursos ir√£o suprir uma demanda existente no mercado de trabalho por profissionais especializados nas referidas √°reas e que podem trabalhar √† dist√Ęncia, vivendo em suas pr√≥prias regi√Ķes e comunidades. O amplo campo de atua√ß√£o do T√©cnico em An√°lise e Desenvolvimento de Sistemas envolve a presta√ß√£o de servi√ßos como Consultor Estrat√©gico em Tecnologia da Informa√ß√£o, Gestor de Seguran√ßa em TI e Projetista de Solu√ß√Ķes em TI. Os cursos ter√£o a dura√ß√£o de 24 meses e 2.920 horas-aula, autorizados pelo MEC- Minist√©rio da Educa√ß√£o e Cultura.

No final do curso, estes alunos estar√£o aptos a atuarem com consultoria e gest√£o de TI, desenvolvimento de sistemas, softwares, aplicativos, servi√ßos e solu√ß√Ķes, com vis√£o de internet das coisas (IoT), √°rea crucial ao desenvolvimento dos pa√≠ses nos pr√≥ximos anos. Al√©m de gerenciamento, seguran√ßa e implanta√ß√£o de redes, sites dentre outras solu√ß√Ķes tecnol√≥gicas e √°reas de atua√ß√£o poss√≠veis com esta forma√ß√£o t√©cnica.

O grande efeito transformador deste projeto √© o empoderamento destas (jovens adolescentes), a partir do acesso √†s tecnologias, educa√ß√£o, oportunidades e possibilidades de desenvolver suas pr√≥prias regi√Ķes e estarem conectados com o mundo.

 

Serviço:

Lançamento da plataforma e site РAmazonas sem Fronteiras

Site com mais informação: www.amazonassemfronteiras.org.br/ e www.sisterspecial.org.br

Plataforma de doação para o projeto a partir de IR: fmdca.jurua.am.gov.br

Link para contribui√ß√£o espont√Ęnea: www.amazonassemfronteiras.org.br/doa√ß√£o

Coment√°rios