Quase 90% dos brasileiros passam dificuldades para quitar dívidas

374

Pelo menos 89% dos brasileiros dizem estar em dificuldade para quitar suas d√≠vidas. Para solucionar seus problemas de endividamento, 20% dos entrevistados disseram ter vendido algum bem nos √ļltimos 12 meses.

Em parte, isso √© explicado pela percep√ß√£o de queda da renda com perda do poder de compra, apontados pelo estudo Retratos da Sociedade Brasileira ‚Äď Renda e Endividamento, divulgado hoje (9) pela Confedera√ß√£o Nacional da Ind√ļstria (CNI).

Segundo o levantamento, 42% dos brasileiros consideram que sua renda diminuiu nos √ļltimos 12 meses. Deste total, 22% avaliam que a renda caiu muito e 20% dizem acreditar que a renda diminuiu pouco. No mesmo per√≠odo, 59% perceberam piora no poder de compra.

Quanto menor a renda familiar, maior a percep√ß√£o de que sua renda foi reduzida ao longo do tempo ‚Äď no caso, essa √© a situa√ß√£o em que se encontram 35% das pessoas com renda familiar superior a cinco sal√°rios-m√≠nimos, e 46% dos com renda familiar inferior a um sal√°rio-m√≠nimo.

No que se refere ao poder de compra, 59% dos entrevistados disseram ter percebido piora ao longo dos √ļltimos 12 meses ‚Äď para 34% a sensa√ß√£o √© de muita perda, enquanto para 25% a sensa√ß√£o √© de pouca perda.

Os moradores do Sudeste e do Sul do pa√≠s s√£o os que mais sentiram o problema – 65% dos entrevistados em cada regi√£o. Os do Nordeste foram os que menos perceberam a queda do poder de compra (51%). Nas regi√Ķes Norte e Centro-Oeste, o √≠ndice est√° em 56%.

Com a perda do poder aquisitivo, 29% disseram ter sentido dificuldade para pagar aluguel ou presta√ß√£o da casa pr√≥pria. Em setembro de 2012, o √≠ndice correspondia a 19% e, no mesmo m√™s de 2013, a 16%. Entre os entrevistados na atual pesquisa, 57% disseram n√£o ter dificuldades com esse tipo de d√≠vida ‚Äď percentual inferior aos registrados em 2012 (67%) e 2013 (76%).

De acordo com a pesquisa, esse tipo de dificuldade atinge mais intensamente aqueles que vivem em cidades com mais de 100 mil habitantes (31%), do que os que moram em municípios com até 20 mil habitantes (23%). Mas 60% das pessoas dizem ter passado por dificuldade para pagar as contas ou compras a crédito. Em 2012 o percentual estava em 45% e, em 2013, 47%.

A expectativa para 45% dos entrevistados √© que, nos pr√≥ximos seis meses, a renda n√£o sofrer√° altera√ß√Ķes. No entanto, 37% acreditam que ela diminuir√° e 14% que a renda aumentar√°. De acordo com a CNI, a preocupa√ß√£o em perder o atual padr√£o de vida atinge 83% dos entrevistados em 2015. Em 2009 o √≠ndice estava em 90% e, em 2012, 76%.

A pesquisa identificou que 37% dos entrevistados se endividaram nos √ļltimos 12 meses com o objetivo de cobrir despesas ou as de sua fam√≠lia. Em 2012, 30% deles se encontravam nessa situa√ß√£o, passando a 34% no ano seguinte.

Segundo o levantamento, 34% dos brasileiros ficaram mais endividados nos √ļltimos 12 meses, sendo 11% muito mais endividados e 23% mais endividados. Ao longo do per√≠odo, o problema atingiu mais mulheres (37%) do que homens (32%).

Entre os entrevistados que disseram ter aumentado suas dívidas, 53% avaliam que isso aconteceu sem planejamento, em função de alguma dificuldade ou necessidade não prevista. A maior parte das dívidas foi em decorrência do aumento das despesas (82%), e 43% dizem foi devido à redução da renda.

O pagamento de d√≠vidas anteriores foi o fator que mais contribuiu para o aprofundamento das d√≠vidas dos brasileiros nos √ļltimos 12 meses, correspondendo a 30% das cita√ß√Ķes. Em segundo lugar est√£o os pagamentos de gastos correntes da casa, como aluguel, √°gua, luz, telefone e compras do m√™s, com 28% de registros.

A pesquisa Retratos da Sociedade Brasileira ‚Äď Renda e Endividamento entrevistou, entre os dias 18 e 21 de julho, 2002 pessoas em 141 munic√≠pios. A CNI divulgou tamb√©m uma outra frente da pesquisa Retratos da Sociedade Brasileira, na qual aborda quest√Ķes relativas ao mercado de trabalho.

Quase 90% dos brasileiros passam dificuldades para quitar dívidas
Quase 90% dos brasileiros passam dificuldades para quitar dívidas

Fonte: Agência Brasil

Coment√°rios