Quer curtir o carnaval de 2018? SSP-AM orienta população sobre objetos de porte proibido em blocos e bandas carnavalescas

19

Com a chegada do Carnaval 2018, a Secretaria de Segurança do Amazonas (SSP-AM) orienta a população sobre os objetos de porte proibido a quem vai participar de blocos e bandas carnavalescas. A lista com os itens que serão conferidos nas revistas é baseada no Estatuto do Torcedor e é a mesma que vem sendo adotada pelos órgãos de segurança na realização de grandes eventos.

A lista de restri√ß√£o envolve 19 itens que representam amea√ßa de ferimentos aos brincantes e que podem ocasionar les√Ķes corporais intencionais ou n√£o. √Č o caso de objetos de vidro, como garrafas e copos, que podem ser utilizados em brigas, mas que tamb√©m podem causar ferimentos se quebrados no ch√£o.

Al√©m das proibi√ß√Ķes de porte de arma de fogo e arma branca, qualquer tipo de arma ou objetos de arremesso que possam projetar subst√Ęncias tamb√©m ser√£o barrados. N√£o ser√° permitido ingressar nos per√≠metros dos eventos carnavalescos portando materiais cortantes. Recipientes com aerossol, copos, garrafas, pratos ou quaisquer outros materiais de vidro e alum√≠nio que possam causar danos √† integridade f√≠sica tamb√©m comp√Ķem a lista de proibi√ß√Ķes.

A lista de itens de porte proibido envolve, ainda, engenhos pirotécnicos, dardos, seringas, martelos, extintores e capacetes. A verificação dos materiais será feita durante as revistas nas áreas de entrada dos eventos carnavalescos e tem o objetivo de proporcionar maior segurança a quem vai curtir o Carnaval nas ruas de Manaus.

Apresenta√ß√£o das novas regras –¬†No s√°bado (13), o vice-governador e secret√°rio de Seguran√ßa, Bosco Saraiva, reuniu organizadores de bandas e blocos carnavalescos para apresentar as novas regras de realiza√ß√£o de eventos em vias p√ļblicas. Entre as principais mudan√ßas est√° o limite de hor√°rio para a realiza√ß√£o dos eventos, at√© 23h, e a proibi√ß√£o do com√©rcio de bebidas em garrafas de vidro.

O comandante-geral da Pol√≠cia Militar, coronel David Brand√£o, explica que o efetivo da PM ser√° respons√°vel pela seguran√ßa dos arredores do evento e pelo acompanhamento da triagem. Contudo, os organizadores s√£o obrigados a contratar seguran√ßa particular. “A banda tem que ter a seguran√ßa particular contratada pelo coordenador do evento. Mas estaremos com a Pol√≠cia Militar acompanhando a quantidade de pessoas e o material que vai entrar. A PM √© respons√°vel pela seguran√ßa do entorno”, enfatizou.

Parceria –¬†A SSP-AM vai trabalhar em conjunto com os √≥rg√£os de seguran√ßa na fiscaliza√ß√£o das exig√™ncias previstas na portaria, assinada em conjunto com a Prefeitura de Manaus. Neste ano, os organizadores de blocos e bandas carnavalescas dever√£o enviar com anteced√™ncia de 15 dias a documenta√ß√£o de libera√ß√£o do evento ao Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) para inclus√£o nas opera√ß√Ķes integradas de seguran√ßa.

Informa√ß√Ķes da assessoria

Coment√°rios