Reizo desmente “tio impostor” de que Sabino Castelo Branco está abandonado e na pior

Sabino Castelo Branco voltou a ser notícia nas redes sociais amazonense. Dessa vez, toda a responsabilidade de uma possível pior caiu para os filhos, que de acordo com as informações veiculadas em blogs locais, teriam abandonado o ex-deputado federal que há um ano e 5 meses sofreu um grave Acidente Vascular Cerebral (AVC).

O vereador de Manaus, Reizo Castelo Branco, por meio de nota nas redes sociais, desmentiu a publicação de um portal local, no qual um tio do político, identificado como Gladiston Castelo Branco Maués, aparece informando que Sabino teria sido abandonado pela família. Em dezembro do ano passado, dois vídeos circularam em grupos de WhatsApp mostrando o ex-deputado em momentos de fisioterapia.

Nesta segunda-feira (28), Reizo fez uma publicação no seu Instagram, postando uma das raras fotos de Sabino, que teria sido tirada no Natal passado, com o político ao lado dos netos e numa cadeira de rodas. Conforme a notícia veiculada e desmentida, Reizo e outros filhos de Sabino teriam abandonado o pai, aparecendo em férias e curtindo festas regadas a bebidas e viagens, enquanto o político seguiria internado.

Na nota, Reizo afirma que o “irmão impostor chamado Gladiston”, não morava em Manaus e nunca trabalhou, e “aproveitou-se do momento delicado e doloroso que eu e meus irmãos temos passado, durante esse período de internação e recuperação do meu pai, para pleitear juridicamente uma curatela sem nenhuma legitimidade, a qual fere os princípios jurídicos, bem como a hierarquia do processo”.

O vereador conta ainda que o tio retirou aleatoriamente seus dois irmãos menores, Raissa e Rafael, do plano de saúde “no qual meu pai é o titular, ameaçando, ainda, durante todo este final de semana (26 e 27 de janeiro), as funcionárias supracitadas, de que iria cancelar o plano de saúde do meu pai, deixando-o totalmente desassistido”.

Curatela é um instrumento jurídico previsto no Código Civil como uma forma de representação de pessoas que não conseguem expressar sua vontade nem praticar atos da vida civil. São considerados incapazes os deficientes mentais, idosos que apresentem capacidade mental comprometida, ou ainda dependentes do álcool ou drogas. Por meio da curatela se nomeia parentes mais próximos, para que esses cuidem e respondam pelos atos da vida civil dessa pessoa.

O único boletim médico divulgado pelo Hospital Sírio Libanês é do dia 16 de agosto de 2017, quando ele foi transferido para São Paulo do Hospital Samel, em Manaus. Em São Paulo, conforme o boletim, ele foi diagnosticado com hemorragia frontoparietal direita, sendo então submetido a duas intervenções cirúrgicas. Ele ficou inicialmente internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) Cardiológica, com quadro clínico e neurológico estável, e restrição a visitas por determinação da equipe médica. Na época, a equipe médica que o acompanhou era formada pelos doutores Roberto Kalil Filho, Felix Hendrik Pahl e Eduardo Mutarelli.

Sequelas – O AVC pode deixar sequelas leves ou graves, que podem ser temporárias ou irreversíveis, dependendo da gravidade do problema. Entre as mais comuns, estão as paralisias nos membros e problemas de visão, de memória e de fala.

Leia a nota na íntegra:

NOTA OFICIAL VEREADOR REIZO CASTELO BRANCO

Eu, Reizo Castelo Branco, venho contrapor a uma publicação irresponsável e tendenciosa, feita hoje por um portal sensacionalista e sem nenhuma credibilidade, o qual afirma inverdades e tenta desconstruir a imagem dos meus irmãos e a minha como filho e atual responsável pelo meu pai, Sabino Castelo Branco. Os mais próximos já sabem dos ataques por que eu e meus irmãos estamos passando há alguns meses, inclusive com inúmeras tentativas de arrancar meu pai do lugar que ele mais amava no mundo, os braços dos filhos. Desta feita, um irmão impostor chamado Gladiston Castelo Branco Maués, que, até época recente, sequer morava em Manaus e nunca exerceu uma atividade laboral mesmo com a idade avançada de quase 50 anos, aproveitou-se ardilosamente do momento delicado e doloroso que eu e meus irmãos temos passado, durante esse período de internação e recuperação do meu pai, para pleitear juridicamente uma curatela sem nenhuma legitimidade, a qual fere os princípios jurídicos, bem como a hierarquia do processo de curatela. O vínculo de pai e filho jamais pode ser quebrado. É lamentável, pra mim, ver que alguém que deveria nos proteger e prezar pela segurança do meu pai, está, ao invés disso, promovendo retaliações dolorosíssimas, como, por exemplo, o despejo, hoje, do meu pai, da sua cuidadora Lourdes e da pastora Marilia do flat onde eles tem vivido durante há mais de 6 meses. Pasmem! Ele retirou aleatoriamente meus dois irmãos menores, Raissa e Rafael, do plano de saúde no qual meu pai é o titular, ameaçando, ainda, durante todo este final de semana (26 e 27 de janeiro), as funcionárias supracitadas, de que iria cancelar o plano de saúde do meu pai, deixando-o totalmente desassistido. Poderia citar, ainda, inúmeros atos nocivos praticados por essa pessoa nefasta, tais como o arrombamento e furto de utensílios e móveis, cheques e roupas da igreja MIEN MUTIRAO, onde meu pai é pastor presidente. Tudo isso está devidamente comprovado e anexado nos autos do processo que corre em sigilo de justiça. Posso provar, também, o zelo e o cuidado especial que tenho para com meu pai, por meio de recibos e comprovantes de todos os gastos que vêm sendo feitos no tratamento dele, assim como, pelas declarações de médicos, das mães dos meus irmãos menores e ainda declaração do diretor geral da câmara dos deputados, demonstrando que, como um filho apaixonado, sempre permaneci ao lado do meu grande herói, meu pai. Peço a oração e apoio de todos os amigos e admiradores da nossa família. Fazemos votos de que a boa justiça prevaleça e que isso o mais rápido possível se resolva. Manaus, 28 de janeiro de 2019.

REIZO FELICIO CASTELO

Sabino Castelo Branco - Reprodução Instagram
Sabino Castelo Branco – Reprodução Instagram

Fonte : Portal Marcos Santos

Comentários