Reunião adia decisão sobre aumento da tarifa para o transporte coletivo em Manaus

9

Na manhã desta segunda-feira, uma reunião entre representantes da Prefeitura de Manaus e do Sindicato  das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram), acordou que a aplicação do aumento na tarifa do transporte coletivo em Manaus será definida pelo prefeito Arthur Neto. Informou, a Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom), em nota.

A Semcom diz que a decisão do prefeito será tomada levando em consideração o subsídio que é oferecido pelo Município às empresas. O usuário paga R$ 3 pela passagem, mas a cada passageiro a prefeitura paga mais R$ 0,15, chegando a uma ‘tarifa técnica’ total de R$ 3,15. Foi em cima deste valor que o Sinetram havia decidido aplicar o reajuste de 12,37% e chegou a anunciar a nova passagem em R$ 3,55.

O prefeito Artur Neto se encontra em Brasília (DF) para tratar da liberação de repasses federais para Manaus.

A Procuradoria Geral do Município (PGM) foi notificada na manhã de hoje (11/4), e já analisa os fundamentos da decisão e as questões processuais incidentes para ingressar com recurso de agravo interno. Uma nova rodada de negociações deve acontecer ainda esta semana. O Sinetram chegou a anunciar que iria iniciar a cobrança no último domingo (10/4), mas recuou após uma primeira conversa com a Prefeitura de Manaus.

Imagem de Divulgação
Imagem de Divulgação
Loading...

 

Comentários

comentários

Curta nossa página do Facebook