Rodoviários ameaçam greve nesta segunda-feira (26/6) em Manaus

426

Rodoviários do sistema do transporte coletivo de Manaus ameaçam entram em greve por tempo indeterminado, a partir da zero hora da segunda-feira (26/6).

A declaração foi feita pelo vice-presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes rodoviários de Manaus (STTRM), Josildo Oliveira, que se revoltou com a entrevista coletiva convocada pelo Sindicato dos Empresários do Transporte Coletivos do Amazonas (SINETRAM), através do assessor jurídico da entidade, Fernando Borges.

Loading...

O assessor afirmou que os motoristas rodoviários já tinham feito mais de 40 paralisações só este ano e não têm razão pra fazer isso, porque ganham o 2º melhor salário do país.

Josildo Oliveira rebateu a informação sobre a regularidade dos pagamentos dos trabalhadores. O vice-presidente do STTRM lembra que a categoria têm direito ao reajuste anual garantido por lei. O vice-presidente disse ainda que a categoria reinvidica o aumento de 1º de maio de 2017.

O sindicalista fez uma lista do que considera um desrespeito com a categoria e com a população: como a super lotação dos coletivos, o aumento da tarifa da passagem para
R$ 3,80 e a demissão de quase 1000 trabalhadores.

Imagem de arquivo: No Amazonas é Assim
Imagem de arquivo: No Amazonas é Assim

Comentários

comentários