Rolo Compressor passa por cima do Rio Negro, que amarga segunda derrota no Barezão

42

Com dois gols de pênalti, o Fast conseguiu sua primeira vitória no Campeonato Amazonense, em cima do Rio Negro que amarga sua segunda derrota e prossegue nessa próxima rodada na lanterna do campeonato.

Antes do jogo, as equipes fizeram um minuto de silêncio em homenagem as vitimas do incêndio no Ninho do Urubu, onde 10 jogadores do Flamengo foram vítimas fatais na última sexta-feira (8).

Dois pênaltis
No 2º tempo de jogo, o atacante Ronan entrou na área e tocou para trás, mas foi derrubado fora do lance de bola. O meia William Sarôa marcou o pênalti de canudo no meio do gol, fazendo o goleiro Guanair, do Rio Negro, saltar para a esquerda.

Já nos 28 minutos, Charles recebeu a bola de cara para o goleiro, em condição clara, mas Luan puxou a camisa do jogador por trás, dando o segundo pênalti, que foi marcado pelo atacante Charles, cobrando no lado esquerdo do goleiro que ainda tocou na bola mas não conseguiu impedir o gol.

Com o resultado o Fast fica em segundo na tabela com 4 pontos. Com um empate do Princesa e do Penarol, que se enfrentam amanhã às 16h no Floro de Mendonça, em Itacoatiara, o rolo compressor continua com o 2º lugar garantido. E o clube enfrenta o Oeste-SP na próxima quinta-feira às 20h30 no Estádio Ismael Benigno (Colina) na estreia pela Copa do Brasil.

O Rio Negro continua sem pontuar e o saldo de gols vai pra -5. O clube joga no próximo sábado visitando o Iranduba na Arena da Amazônia, às 16h.

Comentários