Saiba como o município de Canutama no Amazonas participou da Segunda Guerra Mundial

669

Primitivamente denominado Col√īnia de Bela Vista, o povoado √© fundado por Manuel Urbano da Encarna√ß√£o. No ano de 1879, a Lei Provincial n¬ļ 436, transforma o povoado em freguesia, sob a invoca√ß√£o de Nossa Senhora de Nazar√©. Em 1891, o povoado √© elevado √† categoria de vila, com o nome de Nossa Senhora de Nazar√© de Bela Vista. Em 1896, seu territ√≥rio √© desmembrado do munic√≠pio de L√°brea e √© criado o atual munic√≠pio de Canutama.

O povoamento e desenvolvimento do munic√≠pio de Canutama confunde-se com o in√≠cio das explora√ß√Ķes e expedi√ß√Ķes no rio Purus. Este, um dos grandes afluentes do rio Amazonas, come√ßou a ser explorado no in√≠cio da segunda metade do s√©culo XIX, tendo como pioneiros alguns coletores de drogas do sert√£o, muitos deles nordestinos.

Durante a Segunda Guerra Mundial, o munic√≠pio contribuiu com homens, os quais se integraram ao ex√©rcito brasileiro e aos aliados para salvar o mundo livre durante a Segunda Guerra Mundial. Hoje, muitos dos moradores do munic√≠pio s√£o descendentes de”veteranos”.

De acordo com alguns veteranos, o “contingente canutamense” partiu em um navio-motor (alguns dizem ter sido o navio “Jota Leite”) e chegou a Manaus. J√° na capital, eles teriam passado por treinamentos e adestramentos, como tiro ao alvo e outras t√©cnicas. Como a guerra j√° se aproximava do fim, quando partiram, o mais pr√≥ximo que chegaram do “olho” do conflito mundial foi at√© √† Guiana Francesa, para de l√° embarcarem em navios e atravessarem at√© a √Āfrica. O que, de fato, n√£o ocorreu

Por do sol em Canutama / Foto : Instituto de Estudos Brasileiros / Divulgação
Por do sol em Canutama / Foto : Instituto de Estudos Brasileiros / Divulgação

Coment√°rios