Saiba mais sobre os sintomas, transmissão e prevenção do Sarampo

121

O sarampo √© uma doen√ßa infecciosa aguda, viral, transmiss√≠vel, extremamente contagiosa e muito comum na inf√Ęncia. Os sintomas iniciais s√£o:

-febre acompanhada de tosse persistente, irrita√ß√£o ocular e corrimento do nariz.¬†–-aparecimento de manchas avermelhadas no rosto, que progridem em dire√ß√£o aos p√©s, com dura√ß√£o m√≠nima de tr√™s dias.

Saiba mais sobre os sintomas transmissão e prevençao do Sarampo - Imagem: Divulgação
Saiba mais sobre os sintomas transmissão e prevençao do Sarampo РImagem: Divulgação

Al√©m disso, pode causar: infec√ß√£o nos ouvidos, pneumonia, ataques (convuls√Ķes e olhar fixo), les√£o cerebral e morte. O v√≠rus pode atingir as vias respirat√≥rias, causar diarr√©ias e at√© infec√ß√Ķes no enc√©falo. Acredita-se que estas complica√ß√Ķes sejam desencadeadas pelo pr√≥prio v√≠rus do sarampo que, na maior parte das vezes, atinge mais gravemente pessoas desnutridas, os rec√©m-nascidos, as gestantes e as pessoas portadoras de imunodefici√™ncias.

Transmiss√£o

A transmiss√£o ocorre diretamente, de pessoa a pessoa, geralmente por tosse, espirros, fala ou respira√ß√£o, por isso a facilidade de cont√°gio da doen√ßa. Al√©m de secre√ß√Ķes respirat√≥rias ou da boca, tamb√©m √© poss√≠vel se contaminar atrav√©s da dispers√£o de got√≠culas com part√≠culas virais no ar, que podem perdurar por tempo relativamente longo no ambiente, especialmente em locais fechados como escolas e cl√≠nicas. A doen√ßa √© transmitida na fase em que a pessoa apresenta febre alta, mal-estar, coriza, irrita√ß√£o ocular, tosse e falta de apetite e dura at√© quatro dias ap√≥s o aparecimento das manchas vermelhas.

Prevenção

A suscetibilidade ao v√≠rus do sarampo √© geral e a √ļnica forma de preven√ß√£o √© a vacina√ß√£o. Apenas os lactentes cujas m√£es j√° tiveram sarampo ou foram vacinadas possuem, temporariamente, anticorpos transmitidos pela placenta, que conferem imunidade geralmente ao longo do primeiro ano de vida (o que pode interferir na resposta √† vacina√ß√£o).

Intensificação da vacinação

A¬†Funda√ß√£o de Vigil√Ęncia em Sa√ļde do Amazonas (FVS-AM), divulgou na √ļltima quarta-feira (14), um novo balan√ßo do sarampo, que aponta que h√° 17 casos suspeitos de sarampo, em investiga√ß√£o em Manaus.

A preven√ß√£o e vigil√Ęncia epidemiol√≥gica est√° sendo refor√ßada na capital e na Regi√£o Metropolitana de Manaus. Entre as medidas imediatas est√° a intensifica√ß√£o da vacina√ß√£o pela Secretaria Municipal de Sa√ļde (Semsa). Ser√° feita uma varredura nas √°reas onde os casos foram identificados, com vacina√ß√£o de casa em casa. Ser√° realizado, tamb√©m, um trabalho de orienta√ß√£o nas creches e escolas da regi√£o.

As doses extras da vacina que vão reforçar o estoque estadual atenderão a todos os 61 municípios do interior e capital. A previsão é de que o novo lote chegue no início da próxima semana.

Com a notifica√ß√£o de casos suspeitos da doen√ßa em Manaus, a Susam dispobilizou 30 mil doses da vacina para a Semsa, respons√°vel pelas a√ß√Ķes de imuniza√ß√£o.

De acordo com o MS, a primeira dose da vacina Tríplice Viral deve ser aplicada aos doze meses de idade. Uma segunda dose, com a Tetraviral, deve ser aplicada aos 15 meses de idade. Na faixa-etária de 02 a 29 anos, recomenda-se administrar duas doses da Tríplice Viral e, de 30 a 49 anos, uma dose da Tríplice Viral, para quem não tiver comprovante de vacinação.

De acordo com a Susam, o Amazonas não registra casos de sarampo há 18 anos - Imagem: Divulgação/FVS-AM
De acordo com a Susam, o Amazonas não registra casos de sarampo há 18 anos РImagem: Divulgação/FVS-AM

Fontes: FioCruz e Funda√ß√£o de¬†Funda√ß√£o de Vigil√Ęncia em Sa√ļde do Amazonas (FVS-AM)

Coment√°rios