Inicial Notícias Internacional Saiba quando mais ou menos deverá “diminuir” o COVID-19 no Brasil de acordo com sites preditivos

Saiba quando mais ou menos deverá “diminuir” o COVID-19 no Brasil de acordo com sites preditivos

Estudo da Universidade de Cingapura prevê as datas do fim da pandemia em cada país. Para isso, eles elaboraram um um projeto de pesquisa independente, não financiado por nenhuma agência e não está vinculado a nenhuma empresa, governo ou partido político.

O site fornece monitoramento preditivo contínuo do COVID-19 como um complemento ao monitoramento tradicional ou práticas tradicionais de previsão. O modelo SIR (suscetível infectado-recuperado) é regredido com dados atualizados diariamente de diferentes países para estimar as curvas do ciclo de vida pandêmico e as datas finais teóricas.

O site atualiza-se continuamente com os dados mais recentes.

Abaixo estão outros e mais sistemáticos esforços de previsão COVID-19 em todo o mundo.

  • Universidade de Cingapura   : https://ddi.sutd.edu.sg/
  • Universidade de Washington https://covid19.healthdata.org/projections
  • Universidade do Texas em Austin https://covid-19.tacc.utexas.edu/projections/
  • Imperial College London https://www.imperial.ac.uk/mrc-global-infectious-disease-analysis/covid-19/
  • Instituto de Tecnologia de Massachusetts https://idss.mit.edu/research/idss-covid-19-collaboration-isolat/

O conteúdo do site da Universidade de Cingapura é estritamente apenas para fins educacionais e de pesquisa e pode conter erros. O modelo e os dados são imprecisos para as realidades complexas, em evolução e heterogêneas de diferentes países. As previsões são incertas por natureza. Os leitores devem tomar quaisquer previsões com cautela. O excesso de otimismo baseado em algumas datas de término previstas é perigoso, pois pode afrouxar nossas disciplinas e controles e causar a recuperação do vírus e da infecção, e deve ser evitado.

Logo, a previsão se dará se a pessoa manter o que ela está fazendo hoje, podendo, portanto, ser totalmente interferida pela população. Abaixo está o gráfico do Brasil.

Saiba quando mais ou menos deverá "passar" o COVID-19 no Brasil
Saiba quando mais ou menos deverá “passar” o COVID-19 no Brasil / Divulgação

Comentários

Carregue Mais Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta