Home Notícias Política Saiba quem é a mulher que tem incomodado os candidatos a prefeito em Presidente Figueiredo

Saiba quem é a mulher que tem incomodado os candidatos a prefeito em Presidente Figueiredo

5 min - tempo de leitura
929

Localizado na região metropolitana de Manaus, capital do Amazonas, a cidade de Presidente Figueiredo ocupa cenário de destaque para a política local devido ser uma cidade rica em Atrativos turísticos, culturais, empreendedorismo e belezas naturais. A cidade de Presidente Figueiredo, distante 107 km de Manaus, ocupa o vigésimo lugar na condição de mais populoso no estado.

Conhecido como ‘Terra das Cachoeiras’, o município abrange uma área de 25 422,235 km² e sua população, estimada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no início de 2020 era de 37.193 habitantes com o total de 23.650 eleitores, de acordo com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM)

O cenário político do município vem protagonizando várias polêmicas envolvendo Prefeito e Vice e, também, ex-gestores municipais, fazendo com que a relação entre políticos e munícipes ficasse desgastada, levando a política no município ao descrédito total.

Nesse cenário caótico, surge para a disputa a vereadora Patrícia Lopes, que é ex-presidente da Câmara Municipal e com seu terceiro mandato consecutivo vem mostrando brio, realizando seus encontros e sendo recebida em comunidades na sede e zona rural do município de forma calorosa e cercada de olhares de esperança, fazendo sua campanha incomodar antigos caciques políticos.

Candidatos à Prefeitura de Presidente Figueiredo / Divulgação

Patrícia tem mostrado uma liderança que preocupa aqueles que, meses atrás, seriam os ‘favoritos’ da população, porém, por ironia do destino e muitas investigações da Polícia Federal, fez com que a população olhasse desconfiada essas alianças e desavenças.

Patrícia é enfermeira e vereadora pelo terceiro mandato consecutivo em Presidente Figueiredo. Natural de Jardim, no Ceará, tem 35 anos e é filiada ao MDB desde 2007. O mandato da vereadora Patrícia Lopes sempre teve muito compromisso com a ética, com o respeitos aos direitos humanos, sempre apoiou os trabalhadores, em especial os servidores públicos, e, em dois anos de mandato como presidente da Câmara ela, construiu um prédio novo para a Câmara sair finalmente do aluguel.

Como é sempre importante destacar com quem se anda, o seu vice-prefeito é o também vereador Anderson Leal (Podemos), que é técnico de enfermagem, educador físico e ocupa pela segunda vez a cadeira na Câmara de Vereadores de Presidente Figueiredo. Em seus discursos, ambos falaram da paixão pelo município e por terem construído suas famílias ali. Lopes apontou que jamais imaginaria ver a pobreza de sua infância em uma cidade tão rica, no Amazonas. “Dou um passo a frente na minha vida pública, apresentando meu nome ao cargo de prefeita do município de Presidente Figueiredo para que eu possa colocar em prática aquilo que eu acredito que efetivamente mudará a vida das pessoas”, afirmou.

Para ela Presidente Figueiredo precisa de mudança para valorizar o turismo, melhorar o escoamento agrícola e fazer com que as pessoas tenham saúde e educação lá mesmo, sem precisar se dirigir até Manaus para isso. Patrícia segue preferida na disputa e o clamor por mudança foi visto durante a convenção, com a participação ativa da população figueiredense.

Do outro lado está o atual prefeito Romeiro Mendonça que chegou a ser cassado e foi reconduzido ao cargo, o ex-prefeito  Fernando Vieira, condenado pelo O MP-AM (Ministério Público do Amazonas por dano ao erário no valor de R$ 591,1 mil e ex-vereador Ricelli Pontes (PSC), que teve seu mandato cassado por unanimidade pelo TRE-AM em junho deste ano.

Patrícia Lopes / Foto : Divulgação

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Marcus Pessoa
Carregar Mais Em Política

Deixe uma resposta

Leia Também

Candidato a reeleição em Tefé, Normando Bessa, faz prestação de contas em praça pública e arrasta multidão

Na noite da última segunda-feira (26/10), o Prefeito de Tefé, Normando Bessa de Sá (Progre…