Sargento da PM, ferido durante assalto em micro-ônibus, segue internado em estado gravíssimo, em Manaus

68

O Sargento da policia militar Paulo Robson Leite de Maia, de 42 anos, que foi baleado no rosto durante assalto a um micro-ônibus na Avenida Torquato Tapajós, na Zona Norte de Manaus, continua internado em uma UTI.

O idoso não resistiu aos ferimentos e morreu no Hospital Pronto-Socorro (HPS) João Lúcio
Sargento ferido durante assalto segue internado em estado gravíssimo no Hospital Pronto-Socorro (HPS) João Lúcio

A Secretaria de Estado de Saúde (Susam) emitiu nota informando que na manhã desta quinta-feira (12), que o paciente “segue internado em estado gravíssimo, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio”.

O policial recebeu os primeiros socorros no Hospital Delphina Aziz. Depois, ele foi transferido para o Hospital João Lúcio, na Zona Leste,  após ser atingido, na tarde da última quarta-feira (11).

O policial ficou gravemente ferido após dois homens armados entrarem em um micro-ônibus próximo ao Hospital Delphina Aziz e anunciaram o assalto. Um deles chegou a apontar a arma para a cabeça de uma criança de dois anos, o policial reagiu e atirou no suspeito, que também efetuou disparo acertando o sargento que estava a paisana.

Foram atendidos no Hospital Delphina Aziz, o motorista do microonibus e um assaltantes. O suspeito morreu logo após dar entrada na unidade de saúde. Um outro suspeito, que teria fugido, morreu em confronto com a polícia horas depois.

 

Comentários