Secretário sugere que crise nos hospitais de Manaus é sabotagem

24

Na manhã desta sexta-feira, (8/01),o secretário de Estado de Saúde, Pedro Elias, concedeu entrevista ao programa Bom Dia Amazônia, da TV Amazonas.
O intuito era falar sobre as denuncias da precariedade nos hospitais da capital, na ocasião o secretario desmentiu as afirmações dos profissionais da saúde, quanto a a dificuldade no atendimento pela falta de equipamentos e insumos.

Imagem de Divulgação
Imagem de Divulgação

Pedro Elias, insinuou que houve sabotagem no sistema de saúde do Amazonas, quando foi questionado sobre as cirurgias no Hospital Adriano Jorge, suspensas no fim do ano passado e que voltaram ao normal somente nesta, nesta quinta-feira, dia 7/01, segundo informações do secretário.

O secretário disse ainda que existem 4 aparelhos de anestesia funcionando, e os cinco que deram problema, estranhamente, ao mesmo tempo estão em manutenção.
As suspeitas levantadas por ele estão relacionadas com o atrasos de pagamentos que o Estado tem com prestadores de serviços dos hospitais, que, entre outras coisas, atrasaram também o pagamento da produção dos médicos contratados por cooperativas.

Quando questionado sobre o tomógrafo do Hospital Francisca Mendes, o secretario falou:  “O que está com problema na Fundação Francisca Mendes é a ressonância nuclear magnética. Não vamos confundir as coisas… Ressonância serve para uma coisa, tomografia serve para outra. Obviamente, o tomógrafo está funcionando e nós estamos falando aqui de tomógrafo, até onde me consta”.

O secretário disse que nem ele nem o Estado eram irresponsáveis quanto problemas na saúde do Amazonas. Confira o vídeo da entrevista:

Curte nosso conteúdo?!

Receba as notícias diretamente no seu e-mail:

Comentários