Startup amazonense de Games Educacionais ‘Flying Saci’ concorre como Startup do Ano

117

A Flying Saci Game Studio foi indicada como destaque no prêmio Jaraqui Graúdo deste ano na categoria Startup do Ano, a mais relevante premiação de empreendedorismo do estado.

Fundada em 2016, a Flying Saci é um estúdio de games voltado para educação digital que já conquistou importantes prêmios e certificações como InovApps, InovAtiva Brasil e Creative Startups, este último uma parceria da Samsung com a Anprotec. Sediada na incubadora da Universidade do Estado do Amazonas, a In-UEA, que também concorre ao Jaraqui Graúdo como Melhor Incubadora e Universidade Apoiadora do Empreendedorismo, a startup vêm se destacando no cenário local e nacional.

O principal produto da empresa é o game Matemagos, um jogo muito divertido e dinâmico que ajuda crianças do ensino fundamental no aprendizado da matemática. “O problema que nós identificamos foi a dificuldade das crianças com matemática. Mutias delas não gostam ou não se interresam pela disciplina. Por outro lado adoram jogar videogame. O que fizemos foi unir a diversão dos games com uma matéria tão importante como a matemática”, afirma Sylker Teles, CEO da empresa e criador do Matemagos.

Além do Matemagos, a empresa trabalha em jogos para educação ambiental como o Amazon Frogs, um game em realidade virtual (VR) que ensina mais sobre os sapinhos da Amazônia e games para outras disciplinas, como o Quimicavaleiros, para o ensino de química básica.
O próximo passo da Flying Saci é a internacionalização. Apostando na tradução dos jogos para Inglês, Espanhol, Japonês e Coreano, a empresa planeja alcançar novos mercados em breve. Há ainda um projeto que visa inserir os games educacionais diretamente nas escolas através de secretarias de ensino de todo o país. 2018 promete ser um ano ainda mais produtivo e promissor.

Com um crescimento exponencial em 2017 e perspectivas de internacionalização em 2018, a Flying Saci tem como objetivo auxiliar no desenvolvimento da Amazônia como potencial pólo de desenvolvimento de software e games para um futuro promissor com maior flexibilidade econômica para a região que hoje depente quase que exclusivamente do PIM.

Se você acredita na educação digital como o futuro do aprendizado e em iniciativas inovadoras para a Região Amazônica, vota lá no prêmio Jaraqui Graúdo (http://jaraquigraudo.com.br/vote/). Além da categoria Startup do Ano, Melhor Incubadora e Universidade Apoiadora do Empreendedorismo, o mentor da Flying Saci, Sálvio Rizzato está concorrendo como Mentor Local. São muitas categorias orbitando a Flying Saci, o que comprova a grande evolução da empresa durante este ano.

Startup amazonense de Games Educacionais 'Flying Saci' concorre como Startup do Ano / Divulgação
Startup amazonense de Games Educacionais ‘Flying Saci’ concorre como Startup do Ano / Divulgação

Comentários