Home Notícias Polícia Suspeito que atirou em paciente no hospital morre após ser espancado por parceiros dentro de viatura, diz PM

Suspeito que atirou em paciente no hospital morre após ser espancado por parceiros dentro de viatura, diz PM

2 min - tempo de leitura
33

O homem que atirou em paciente no hospital teve morte declarada nesta segunda-feira (26), pela Polícia Militar.

De acordo com a Polícia Militar, o suspeito de efetuar o disparo em paciente dentro do Hospital e Pronto-Socorro 28 de agosto na noite do último domingo, dia 25, Everton Lima Martins (23), foi agredido por outros dois suspeitos durante a locomoção dentro de viatura da polícia.

Foto: Indiara Bessa/G1 Amazonas
Foto: Indiara Bessa/G1 Amazonas

Na noite do crime, no hospital, Everton aparece em vídeo atirando à queima-roupa contra paciente. Na mesma noite, ele ainda foi atingido na perna e saiu do hospital escoltado por policiais, nos quais o colocaram em uma viatura com outros dois presos pertencente a mesma facção criminosa.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O comandante Geral da Polícia Militar, Coronel Cláudio Silva, disse ao G1 que  os policiais que estavam dentro da viatura, não ouviram a briga.

“Esse cidadão, que foi quem atirou contra o outro infrator, quando capturado, foi colocado [na viatura] com outros presos. Lá dentro ele foi espancado. Entre eles mesmos, dentro da viatura”, conta.

“Não dá para ouvir nada dento do xadrez. A viatura está em deslocamento, tem a sirene ligada… Quando chegaram à delegacia, constataram a situação e prestaram a ajuda médica”.

Everton foi conduzido ao Hospital João Lúcio, e ainda recebeu atendimentos, mas não resistiu. A causa da morte, de acordo com a Polícia Militar, foi morte cerebral.

Os dois outros homens suspeitos de invadir o hospital e, agora, de homicídio, estão no 12º DIP.

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Emerson Tahan
Carregar Mais Em Polícia

Deixe uma resposta

Leia Também

Em Manaus, 56 estabelecimentos são vistoriados pela Central de Fiscalização e dez são fechados

Em uma nova ação da Central Integrada de Fiscalização (CIF), coordenada pela Secretaria de…