Tefé sediará o “4º Seminário de Mandioca”, da região do Uarini, no Amazonas

120

A Associação de Produtores de Farinha de Mandioca da Região do Uarini, com apoio da Secretaria Municipal de Produção e Abastecimento de Tefé (SEMPAB) realizará no próximo dia 20 e 21 de junho o “4º Seminário de Mandioca da Região”, através de uma parceria entre a Prefeitura Municipal de Tefé e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE).

O “4º Seminário de Mandioca da Região do Uarini” acontecerá pela segunda vez na cidade de Tefé e deve apresentar informações sobre aumento de produtividade com aplicação de ferramentas de gestão, organização, controle e técnicas agrícolas para o cultivo e beneficiamento da mandioca além dos avanços sobre a indicação geográfica da farinha do Uarini. Também serão apresentadas palestras, mostras de culinária com mandioca e o concurso da maior mandioca da região.

Dentro da Programação do 4° Seminário da Mandioca, haverá uma novidade, a cozinha show. A organizado da cozinha show é uma parceria do SEBRAE junto com a Prefeitura de Tefé por meio da Secretaria de Turismo e Comércio.

“O 4º Seminário de Mandioca da Região do Uarini receberá um chefe de cozinha diretamente de Manaus, e vai elaborar ao vivo na Praça Remanso do Boto, pratos à base de Mandioca, a cozinha show é amanhã as 20:00 na praça Remanso do Boto”, contou o Secretário de Turismo e Comércio de Tefé, Christophan Mota.

De acordo com o Secretário Municipal de Produção e Abastecimento de Tefé, Antônio Nascimento, a produção da farinha do Uarini é realizada de acordo com a indicação geográfica, e que além de Uarini, a farinha é produzida em mais três municípios: Tefé, Alvarães e parte de Maraã.

O secretário declarou que a indicação geográfica é de suma importância, pois a partir dela a farinha recebe a marca registrada, que deverá ser oficializada em novembro deste ano, garantindo a procedência do produto final.

“A farinha ovinha, é daqui da nossa região, com grande produção na região do Uarini, mas a farinha não é só feita no Uarini, mas sim em quatro municípios, Tefé, Uarini, Alvarães e parte de Maraã. Esses foram nossos argumentos para solicitar a indicação geográfica para que essa farinha receba uma marca registrada. Para que as pessoas não possam usar o nome dessa farinha em outra região. A indicação geográfica é o cinturão que protege a farinha com essa qualidade ”, disse Antônio.

“Nós não estamos falando apenas de uma farinha, porque farinha você encontra em qualquer canto, estamos falando de um produto de boa qualidade: Farinha da Região do Uarini.” concluiu o secretário.

Deverão estar presentes no evento agricultores dos municípios de Tefé, Uarini, Alvarães, Maraã, produtores do Queijo da Canastra, produtores de abacaxi de Itacoatiara, representantes do Ministério da Agricultura além de visitantes de diversos municípios do Amazonas.

O 4º Seminário de Mandioca será nos dias 21 e 22 de junho, a partir das 8h da manhã, na sede do Cetam da cidade de Tefé.

"4º Seminário de Mandioca", da região do Uarini, será realizado em Tefé
“4º Seminário de Mandioca”, da região do Uarini, será realizado em Tefé

Comentários