Enrolado até o pescoço na Lava Jato, Eduardo Braga despenca em pesquisa para governador

2952

Em recente pesquisa divulgada pelo Instituto Action, o senador Eduardo Braga (PMDB) teve uma queda de quase 50% em relação à última pesquisa de intenção de voto para governo do Estado do Amazonas

Se escuta nos bastidos que o senador Eduardo Braga (PMDB) desistiu de ser candidato a governador do Estado após conhecer os números da última pesquisa do Instituto Action em que aparece com apenas 24,9% nas intenções espontâneas de voto e com índice recorde de rejeição com 14,9%, só não sendo mais odiado do que o atual prefeito de Manaus, Arthur Neto que aparece com 18,4%.

O fato de estar enrolado até o pescoço na Lava Jato, pode ter contribuído para o fiasco na pesquisa eleitoral, afinal, pesam contra ele denúncias de recebimento de 20 milhões em propinas na construção da Arena da Amazônia, da Ponte do Rio Negro e do Prosamim.

Loading...

Braga teme ser preso pela Polícia Federal por ordem do juiz Sérgio Moro e quer garantir a imunidade parlamentar se candidatando a deputado federal nas eleições de 2018.

Os números da pesquisa do Instituto Action deixaram Eduardo Braga arrasado e convicto de que não deve se aventurar em mais uma disputa pelo Governo do Estado. Na eleição de 2014, as pesquisas indicavam que ele tinha quase 70% das intenções dos votos, contra pouco mais de 2% de seu adversário, José Melo (PROS). Braga acabou perdendo a eleição considerada ganha.

Ao final da eleição, José Melo (PROS) teve 173,5 mil votos a mais que Braga. Melo venceu em Manaus com 59,05% dos votos, enquanto Eduardo Braga ficou com apenas 40,95% (545.052 votos para Melo e 377.995 para Braga, uma diferença de 167.057 votos).

Até mesmo uma reeleição para o Senado está difícil após seu nome ser relacionado na lista de políticos que receberam propina da Odebrecht. Em caso de ficar sem mandato, Braga poderia ter o mesmo destino do seu companheiro de partido, o ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, que está preso no complexo penitenciário de Bangu. Por isso, teria decidido não arriscar e ser candidato a deputado federal, garantindo a imunidade parlamentar.

Na pesquisa da Action, o grande adversário de Eduardo Braga nessa disputa eleitoral é o ex-deputado estadual Marcelo Ramos, que obteve quase meio milhão de votos para a prefeitura de Manaus e aparece bem tanto na pesquisa espontânea quanto na estimulada. Também tem o menor índice de rejeição.

Eduardo Braga / Divulgação
Eduardo Braga / Divulgação

Link da Pesquisa

Comentários

comentários