Home Notícias Política Temer pode não terminar seu mandato vivo depois de ser diagnosticado com doença mortal

Temer pode não terminar seu mandato vivo depois de ser diagnosticado com doença mortal

5 min - tempo de leitura
21

Ao que tudo indica, o atual Presidente da República, Michel Temer pode não terminar seu mandato após ter sido diagnosticado com doença mortal. Temer, que vive um dos piores momentos de sua vida, devido os diversos escândalos envolvendo seu nome, agora tem mais um problema pela frente.

Sem dúvida, que esse é um dos mais tensos momentos de sua carreira política bem como de sua vida pessoal. Ele, que é dos principais nomes do PMDB (Partido do Movimento Democrático Brasileiro) e vem sendo citado em diversos casos de envolvimentos ilícitos e recebimento de propinas, recentemente foi diagnosticado com um problema cardíaco.

Michel, que passou a governar o Brasil após o impeachment da presidenta Dilma Rousseff do PT (Partido dos Trabalhadores), desde que assumiu o poder passou a ser alvo de críticas e acusações de participar de um golpe político e assim vem enfrentando diversas adversidades.

Recentemente, Michel Temer descobriu que precisará ser submetido a uma cirurgia no coração.

A informação, que foi dada em primeira mão pelo site Gazeta do Povo, noticiou que o líder político sofre de uma doença cardíaca e precisará passar o quanto antes por uma cirurgia extremamente importante com o objetivo de que o mal não ganhe maiores proporções.

Tendo seu governo avaliado por milhões de pessoas como ruim e péssimo, Temer luta diariamente para reverter esta situação e aquecer a economia do país a fim de gerar mais empregos e melhorar a vida dos brasileiros.

Após ser submetido a exames de rotina, o atual Presidente da República Michel Temer, foi diagnosticado com uma irregularidade no coração. De acordo com o laudo de seus exames clínicos, o peemedebista se encontra com uma artéria obstruída. O diagnóstico preocupante foi avisado ao presidente que comunicou o estado de saúde ao partido, que foi o responsável por divulgar uma nota pública noticiando o país sobre a descoberta da doença.

Instruído pelos especialistas que o acompanham a se submeter a uma cirurgia cardíaca o quanto antes, Temer que atualmente se encontra com 77 anos de idade provavelmente precisará se afastar temporariamente de suas atividades políticas e sociais para se dedicar exclusivamente à saúde.

Com o diagnóstico de que sua artéria coronária se encontra com um alto índice de gordura, o quadro do presidente passa a ser considerado grave. A notícia a respeito do estado de saúde do atual presidente surgiu como uma bomba para ele bem como para os milhões de brasileiros.

Alvo de diversas Investigações, atualmente Michel Temer contava com a ajuda de Rodrigo Maia atual presidente da Câmara dos Deputados para apurar os processos cujo Temer era réu. Além de contar com Maia para lhe ajudar nos processos, o atual presidente também contava com a influência do representante da câmara para convencer o Congresso Nacional de apoiá-lo nas reformas trabalhistas que o mesmo vem propondo desde que assumiu o principal cargo político brasileiro.

Além de problemas no governo, Michel Temer enfrenta grave problema de saúde / Divulgação
Além de problemas no governo, Michel Temer enfrenta grave problema de saúde / Divulgação

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Marcus Pessoa
Carregar Mais Em Política

Deixe uma resposta

Leia Também

Tarifa de tradução: saiba o que pesa

Está pensando contratar um serviço de tradução? Talvez se pergunte o que diferencia um tra…