Home Notícias Polícia Tenente fica em coma após participar de treinamento na selva

Tenente fica em coma após participar de treinamento na selva

2 min - tempo de leitura
10

No dia 30 de setembro em Manaus, o tenente da Marinha Guillermo Portugal, de 24 anos, entrou em coma após participar de um treinamento na selva, na área do Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS).

Logo após passar mal, o tenente foi transferido de helicóptero para o Hospital Militar de Área na capital, onde continua internado. O atendimento demorou cerca de 7 horas, o que tem revoltado a família do militar.

De acordo com o pai do tenente, Saumir Portugal, o filho foi diagnosticado com traumatismo craniano e rabdomiólise, doença que atinge os músculos e pode causar insuficiência renal. Ainda segundo o pai, o militar estava completamente sujo, cheio de marcas roxas, com um arranhão enorme no braço esquerdo e com o olho roxo.

A Marinha informou, por meio de nota, que “lamenta profundamente o ocorrido e, desde o dia 30 de setembro de 2015, vem prestando o apoio necessário ao Tenente Portugal e à sua família, que se encontra em Manaus. As informações disponíveis foram fornecidas à família”. A nota cita ainda que foi instaurado um Inquérito Policial Militar (IPM) para apurar as circunstâncias do ocorrido durante o curso. A investigação tem prazo máximo de 60 dias para ser concluída.

Foto: Arquivo pessoal
Foto: Arquivo pessoal

Fonte: G1

  • Chuva causa várias ocorrências em Manaus informa Defesa Civil

    A chuva que atingiu Manaus, na manhã e tarde, desta terça-feira (23/02), causou inúmeros t…
  • Pirarucu e tambaqui no Aquário Amazônico

    Zoológico do CIGS

    O zoológico do Centro de Instrução de Guerra na Selva (Cigs), que abriga mais de 200 anima…
Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por No Amazonas é Assim
Carregar Mais Em Polícia

Deixe uma resposta

Leia Também

Bolsonaro afirma que pagou auxilio de R$ 5.400 para brasileiros e que culpados por queimada são índios e caboclos

Nesta terça-feira (22), o presidente Jair Bolsonaro disse na Assembleia das Nações Unidas …