Tospericargerja

592

No Amazonas é assim : Não basta homenagear um jogador só… tem é que homenagear uma seleção inteira!!!

Dar ao seu filho o nome de seu ídolo é algo muito frequente em uma família. Jogadores de futebol e artistas são as principais fontes de homenagem dos pais. Os ex-jogadores Romário e Ronaldo são alguns dos craques que já tiveram essa honra.
O senhor Oder Nunes Torres e a dona Odilia da Silva Torres, felizes com o desempenho da seleção brasileira de 1970, campeã da Copa do Mundo do ano, também resolveram homenagear o filho nascido no dia 19 de julho do ano seguinte. Entretanto, a criança veio ao mundo com um nome um tanto quanto curioso: Tospericargerja da Silva Torres. Isso mesmo. Tospericargerja.

Vendo o nome, não é possível lembrar de outra grande personalidade homônima. Entretanto, Tos ou Peri, como é conhecido entre os amigos, analisou e explicou de onde surgiu a homenagem.

“É só unir as síbalas: Tos de Tostão; Pe de Pelé; Ri de Rivelino; Car de Carlos Alberto; Ger de Gérson; Ja de Jairzinho. Pronto, aí está: Tospericargerja.

Técnico de laboratório em Manaus, no Amazonas, Tos revelou como era nos tempos de escola nas horas da chamada de presença dos professores.

“Na ordem alfabética, quando ia se aproximando da letra T o coração começava a acelerar. ‘Roberto Alves da Silva, Sílvia Castro de Araújo. To…’, dizia o professor. ‘Tospericargerja, professor’, eu dizia. E o professor: ‘Como que é, rapaz?’. A época de infância foi formidável. Muita gente pegava no pé. Eu tenho enfrentado bastante dificuldade onde eu chego, que eu falo meu nome, inclusive chegam a falar que meu pai é louco”, lembrou.

Seu Oder, inclusive, queria que o nome do filho fosse registrado na CBD, Confederação Brasileira de Desportos (hoje, a atual Confederação Brasileira de Futebol). Apesar da recusa do então presidente Silvio Pacheco, Tos recordou que seu pai não desistiu da tentativa.

“Mas o papai não voltou atrás, ele continuou com a ideia”, disse.

Famoso, Peri garante que já foi entrevistado por todo tipo de mídia e revelou qual dos seus homenageados é que mais gosta.

“Fui entrevistado por jornais locais e nacionais, rádios, televisão e revistas, por telefone, pessoalmente e por e-mail. O que eu mais me identifico é o Carlos Alberto Torres. Aquele gol contra a Itália”, brincou.

“Nunca pensei em mudar meu nome”, finalizou.

Tricampeões agradecem homenagem

Questionados sobre o que achavam do nome de Tospericargerja, os ex-jogadores Carlos Alberto, Jairzinho, Gérson, Pelé e Rivelinho, em entrevista ao Bom dia Brasil, agradeceram ao seu Oder e a dona Odília com o feito.

“Eu sei que começa com Tos, do Tostão. A gente manda um abraço carinhoso e obrigado pela homenagem, ou tentativa de homenagem”, contou Carlos Alberto. “Olha, eu não tenho nem ideia, nem consigo soletrar esse nome”, riu Jairzinho. “Nós estamos nos sentindo lá em cima, naturalmente, por causa dessa homenagem. Meus agradecimentos”, disse Gérson. “Foi uma excelente homenagem para a gente, mas o garoto deve ter uma bronca disso”, brinca Pelé. “Uma homenagem maravilhosa, uma seleção que até hoje é considerada a maior de todos os tempos, à altura daquele time fantástico”, finalizou Rivelino.

homenagem inusitada ao tri Mundial da Seleção Iniciais de Tostão, Pelé, Rivelino, Carlos Alberto Torres, Gérson e Jairzinho deram nome à manauara
homenagem inusitada ao tri Mundial da Seleção Iniciais de Tostão, Pelé, Rivelino, Carlos Alberto Torres, Gérson e Jairzinho deram nome à manauara

Fonte: Esporte Yahoo Interativo

Comentários

comentários

Loading...