Home Notícias Manaus ‘Trabalhando a Liberdade’: Mais de 150 internos revitalizam área externa do Compaj

‘Trabalhando a Liberdade’: Mais de 150 internos revitalizam área externa do Compaj

1 minutos lido
41

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) continua empenhada em manter e adotar medidas de segurança que visem o perfeito funcionamento dos procedimentos operacionais realizados nas unidades prisionais do Amazonas.

Mais de 150 internos do ‘Trabalhando a Liberdade’ revitalizam área externa da carceragem do Compaj: Imagem: Divulgação

 

O Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) é uma das penitenciárias que está passando por melhorias em sua estrutura. Desde fevereiro, 153 internos que fazem parte do programa de ressocialização “Trabalhando a Liberdade”, vêm atuando na revitalização da área externa da carceragem do local.

Os “amarelinhos” estão atuando em três frentes de trabalho: na construção de calçadas e de muros entre as celas, e na automação dos portões. Os novos muros permitirão a instalação de telas alambradas entre os cinco pavilhões do Compaj, com o objetivo de inibir e evitar o uso de cordas artesanais que possibilitam a passagem de materiais ilícitos entre eles.

As calçadas, por sua vez, irão facilitar a locomoção do monitor e a verificação de barras possivelmente cerradas nas celas, e limpeza da área, enquanto a automação dos portões garantirá agilidade na movimentação dos apenados.

Para dar conta de desempenhar os serviços de elétrica, soldagem, construção civil e pintura predial, dentro do prazo de entrega previsto, os reeducandos atuam em rodízios de funções. Segundo o diretor adjunto do Compaj, Márcio Caldas, a revitalização também será estendida para a área interna da carceragem.

“Devido à antiguidade da estrutura do complexo, é necessária a constante manutenção corretiva e preventiva, tanto interna como externa, como forma de proporcionar melhores condições de habitação para os internos e harmônico cumprimento de pena, bem como para salvaguardar a saúde e melhorias sanitárias aos apenados”, disse Caldas. A estimativa para o fim das obras é no final deste mês.

Remição de pena – A cada três dias trabalhados o interno diminui um dia da sua pena, conforme prevê a Lei de Execução Penal (LEP), Lei nº 7.210.

Parceria – A revitalização da área externa da carceragem é fruto da parceria da Seap com a empresa cogestora Reviver Administração Prisional Privada.

Mais de 150 internos do ‘Trabalhando a Liberdade’ revitalizam área externa da carceragem do Compaj: Imagem: Divulgação

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por No Amazonas é Assim
Carregar Mais Em Manaus

Deixe uma resposta

Leia Também

Obras de recuperação de área afetada por erosão em Santa Etelvina em fase final

As obras de recuperação de uma área afetada por erosão na rua Governador Amazonino Mendes,…