TRE julga improcedentes denúncias de propaganda antecipada contra David

43

A justiça eleitoral considerou improcedente a denúncia formalizada pelo Ministério Público Federal (MPF), contra o candidato ao governo do Estado pela coligação Renova Amazonas, David Almeida (PSB), por propaganda irregular antecipada.

Na ação, o MPF argumentou que duas pessoas, em seus perfis no Facebook, estariam realizando propaganda antecipada em favor do candidato por utilizarem, em suas fotos, as hashtags #SouDavid. O órgão federal analisou as publicações, que foram feitas nos dias 16 de julho e 15 de agosto, respectivamente, e entendeu que havia pedido explícito de voto.

Na decisão, diferente do MPF, o juiz auxiliar do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), Victor André Liuzzi Gomes, disse que a ação das pessoas não se caracterizava como propaganda irregular antecipada, logo, as representações do Ministério Público Federal eram improcedentes.

O juiz ressaltou, na decisão, que é necessário se diferenciar “pedido expresso de voto, de pedido explícito de voto”. Em outro trecho, Victor Luizzi cita o artigo 36-A da Lei 9504/97 com a redação dada à Minirreforma Eleitoral, “que conferiu larga amplitude à expressão do pensamento de pré-candidato, partidos e eleitores, estabelecendo o não enquadramento como propaganda antecipada, entre outros, dizeres fazendo menção à pretensa candidatura ou que exaltem qualidades de pré-candidatos, ou que peçam apoio político”.

Ao final, o juiz auxiliar lembra, ainda, o respeito ao “direito fundamental da liberdade de emanação do pensamento” e considera improcedentes as representações do órgão fiscalizador.

David disse estar muito tranquilo e confiante na Justiça Eleitoral, uma vez que tem tomado os cuidados necessários para cumprir a lei eleitoral vigente. Segundo o candidato, ele tem orientado a sua equipe no sentido de que tudo caminhe dentro da legalidade.

TRE julga improcedentes denúncias de propaganda antecipada contra David
TRE julga improcedentes denúncias de propaganda antecipada contra David

Comentários

Receba nossas atualizações em seu e-mail: