TRE proíbe divulgação de nova pesquisa eleitoral irregular

69

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM) acatou o pedido, por meio de liminar, feito por advogados da Coliga√ß√£o Renova Amazonas, e proibiu a divulga√ß√£o da pesquisa feita pela A F Soares Marketing e Pesquisas de Mercado LTDA, do empres√°rio Afr√Ęnio Soares.

A ACTION MARKETING E PESQUISAS √© um velho conhecido das contas p√ļblicas. Basta digitar no google o CNPJ¬†06.023.655/0001-61 e conferir.

ACTION MARKETING E PESQUISAS
ACTION MARKETING E PESQUISAS

A decis√£o foi assinada pelo juiz auxiliar do TRE nas elei√ß√Ķes de 2018, Victor Andre Liuzzi Gomes, nesta sexta-feira (31). Na representa√ß√£o, o jur√≠dico da coliga√ß√£o, que tem como candidato ao governo, o deputado David Almeida (PSB), sustenta que o requerimento de registro da referida pesquisa, est√° repleto de irregularidades.

Das irregularidades citadas e que, resultou na impugna√ß√£o chancelada por Liuzzi, para a n√£o veicula√ß√£o da pesquisa, est√£o a aus√™ncia de pondera√ß√£o quanto ao grau de instru√ß√£o e n√≠vel econ√īmico das pessoas entrevistadas; a oculta√ß√£o da estratifica√ß√£o quanto ao grau de instru√ß√£o e n√≠vel econ√īmico dos entrevistados; a n√£o disponibiliza√ß√£o dos cart√Ķes disco; n√£o indica√ß√£o da fonte p√ļblica dos dados utilizados para confec√ß√£o do plano amostral e simula√ß√£o do segundo turno de maneira tendenciosa.

Além de proibir a divulgação, o juiz dá o prazo de dois dias para o responsável pela realização da pesquisa irregular apresentar resposta junto ao TRE

Confira a decisão : Decisão

Coment√°rios