Inicial Notícias Política Trump dá pra trás, desiste de apoiar o Brasil no “Clube dos Ricos” e indica Argentina

Trump dá pra trás, desiste de apoiar o Brasil no “Clube dos Ricos” e indica Argentina

1 minuto de leitura
1

O governo dos Estados Unidos voltou atrás nas promessas que fez ao presidente Jair Bolsonaro e decidiu não apoiar a proposta do Brasil de ingressar na Organização de Cooperação e Desenvolvimento (OCDE).

Em março o presidente Donald Trump prometeu ao lado do mandatário brasileiro que apoiaria a adesão do Brasil ao grupo de 36 membros. Em julho, o secretário de Comercio dos Estados Unidos, Wilbur Ross, tornou a endossar o apoio. Mas, segundo informações que circulam na imprensa, o secretário norte-americano Mike Pompeo, acabou por rejeitar um pedido para discutir mais ampliações da OCDE.

Os Estados Unidos estão concentrados no momento em apoiar o ingresso da Argentina e Romênia, podendo futuramente voltar a conversar uma possível ampliação da OCDE para agregar o Brasil.

O governo brasileiro vinha se mostrando otimista quanto ao apoio dos EUA para o ingresso na OCDE. Em novembro chegou a ser criado pelo líder do Governo na Câmara, Major Vitor Hugo (PSL-GO), o Grupo Parlamentar de Amizades Brasil-Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). O projeto visa desenvolver as relações do Brasil com a organização internacional.

“Este é um projeto importante para o governo federal e está alinhado com a política externa do Governo Bolsonaro”, disse o deputado Vitor Hugo na ocasião.

A OCDE é conhecido como “clube dos países ricos” por reunir muitas nações desenvolvidas. Para ser indicado por Trump, o Brasil aceitou renunciar ao tratamento diferenciado que recebia como país emergente nas Organizações Mundial do Comércio (OMC).

Foto Divulgação

Via Congresso em Foco

Comentários

Carregue Mais Notícias Relacionadas
Comentários estão fechados.