Home Notícias Ufam convoca aprovados em concurso de vagas administrativas, no Amazonas

Ufam convoca aprovados em concurso de vagas administrativas, no Amazonas

2 min - tempo de leitura
16

Universidade do Estado do Amazonas (Ufam) publicou no Diário Oficial da União, as Portarias GR nº 2301 e 2302/2017, referentes à quarta convocação de técnico-administrativos em Educação (TAEs) de 2017 dos editais 022 e 023/2016.

Imagem: Divulgação
Imagem: Divulgação

A divulgação foi feita na última quarta-feira (27/8), os candidatos convocados terão 30 dias para tomar posse, a contar da data de publicação no Diário Oficial da União. O selecionados deverão realizar perícia médica, que deverá ser previamente agendada no Subsistema Integrado de Atenção à Saúde do Servidor (Siass), no prédio do Centro de Atenção Integral à Saúde (Cais), localizado no setor Sul do campus universitário.

No total de 10 técnicos dos níveis D e E estão sendo convocados para atuar no âmbito da Universidade Federal do Amazonas (capital e interior). Após emissão do laudo da perícia médica, os candidatos deverão agendar junto à CRS a entrega da documentação necessária disponível no site da Progesp.

A CRS fica localizada no térreo do prédio da Reitoria, setor Norte, com funcionamento das 8h às 17h. O certame, disciplinado pelo Edital nº 22, foi publicado em 2 de maio de 2016. Foram ofertadas 94 vagas para os cargos de Nível Médio; 18 para os cargos de Nível Fundamental e 36 para o Nível Superior. Dos mais de 40 mil candidatos, 23.238 inscritos optaram por realizar as provas para o cargo de nível médio de assistente em administração, sendo o cargo mais concorrido do certame.

O cargo com a maior concorrência no nível fundamental é o de auxiliar em administração, que conta com 8.496 inscritos e o cargo de nível superior mais concorrido é o de administrador, com 371 candidatos inscritos para uma vaga.

Confira as listas de convocados acesse:

Lista 1
Lista 2

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por No Amazonas é Assim
Carregar Mais Em Notícias

Deixe uma resposta

Leia Também

Questionada se havia comido a carne de Rhuan, mãe assassina responde: “O cheiro estava bom”

Rhuan Maycon da Silva Castro, de apenas 9 anos, foi morto cruelmente. As assassinas da cri…