Última superlua do ano será nesta terça (13) e vem acompanhada de chuva de meteoros

5

Quem perdeu a chance de ver a maior superlua do s√©culo, em novembro, pode ter a chance de ver a √ļltima superlua do ano. O c√©u desta ter√ßa-feira ser√° especial com mais uma superlua e, ainda, uma chuva de meteoros gemin√≠dea. A lua estar√° 14% maior e 30% mais brilhante do que uma lua cheia apogeu.

Segundo o site ‚ÄúSpace.com‚ÄĚ, o auge da superlua ser√° √†s 20h (hor√°rio de Manaus). J√° a visibilidade da chuva de meteoros poder√° ser atrapalhada pela lua. ‚ÄúA lua brilhante ir√° reduzir a visibilidade de meteoros fracos em 5 a 10 vezes, transformando os gemin√≠deos normalmente fant√°sticos em uma nota astron√īmica‚ÄĚ, disse a Nasa em uma nota.

O astrof√≠sico Alexandre Soares de Oliveira, da Universidade do Vale do Para√≠ba (Univap), explica que as chuvas de meteoros ocorrem quando temos uma grande quantidade das assim chamadas ‚Äúestrelas cadentes‚ÄĚ ocorrendo numa mesma noite, partindo de uma mesma regi√£o do c√©u denominada radiante. S√£o, na verdade, o resultado da queima de pequenas part√≠culas espaciais, n√£o muito maiores de gr√£os de feij√£o, que entram em alt√≠ssima velocidade na atmosfera terrestre quando a Terra cruza a √≥rbita de alguns corpos celestes, geralmente cometas.

‚ÄúNa madrugada desta noite, entre 13 e 14 de dezembro, a Terra atravessa o ponto de maior densidade de part√≠culas deixadas pela √≥rbita do aster√≥ide 3200 Faetonte, que foi descoberto apenas em 1983, e seu radiante estar√° na dire√ß√£o da constela√ß√£o de G√™meos, da√≠ o nome de Gemin√≠deas‚ÄĚ, explica.

Ainda segundo o astrof√≠sico, essa chuva de meteoros ocorre todos os anos e sua taxa m√©dia de avistamentos √© de 50 a 100 meteoros por hora, que costumam ser bem brilhantes. A melhor maneira de apreciar este fen√īmeno √© a olho nu, dado que os meteoros cruzam uma grande extens√£o do c√©u.

O termo superlua significa a lua cheia (ou nova) que coincide com o perigeu, que √© a menor dist√Ęncia entre o centro da Lua e o centro da Terra. O apogeu √© a maior dist√Ęncia entre o centro da Terra e o centro da lua. Esta √© a terceira superlua do ano. A primeira foi 16 de outubro e a segunda em 14 de novembro de quando a lua cheia estava no seu mais pr√≥ximo da Terra desde 1948.E ela s√≥ voltar√° a ficar t√£o perto da Terra novamente em 25 de novembro de 2034.

√ļltima superlua do ano ser√° acompanhada de chuva de meteoros
√ļltima superlua do ano ser√° acompanhada de chuva de meteoros

(Com Agência O Globo)

Coment√°rios