Home Notícias Polícia Veja como foi a última conversa da Kelly, menina que ofereceu carona e foi assassinada

Veja como foi a última conversa da Kelly, menina que ofereceu carona e foi assassinada

1 minutos lido
157

Nesta semana, o Brasil ficou chocado com a morte da jovem Kelly Cadamuro, de 22 anos que foi assassinada entre as cidades de Itapagipe e Frutal, em Minas Gerais, após dar carona para um casal no Whatsapp.

Kelly, que ofereceu a carona compartilhada para baixar os custos, foi alertada pelo seu namorado para ter cuidado ao conceder carona a estranhos.

Marcos Antônio da Silva, 28 anos, namorado de Kelly, revelou os prints de como foi sua última conversa com sua amada.

Nas imagens, exatamente às 18h35, o namorado pergunta se as pessoas que iriam pegar a corona tinham chegado, Kelly responde que a mulher não tinha aparecido, somente o homem. Logo em seguida, Marcos alerta com a mensagem “cuidado”. O último contato entre eles foi registrado às 19h24, quando ela responde avisando que havia parado para abastecer.

Kelly visualizou seu WhatsApp pela última vez às 19h42. Nos prints também podemos notar que depois das 20h49, o telefone da radiologista perde a conexão a internet, já que todas as mensagens que Marcos enviava para a namorada não estavam sendo recebidas.

Nessa sexta-feira 03/10, em trabalho conjunto, as polícias paulista e mineira prenderam três suspeitos de participarem do crime. Informações preliminares revelam que Kelly foi assassinada por estrangulamento e asfixia. As autoridades também aguardam o resultado de exames para saberem se houve ou não estupro.

Imagens do pedágio mostram veículo da vítima sendo dirigido por um homem.

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por No Amazonas é Assim
Carregar Mais Em Polícia

Deixe uma resposta

Leia Também

Sanfoneiro suspeito de estupro prometia casamento à criança de 11 anos, de acordo com prints de conversa

O sanfoneiro, de 33 anos, suspeito de abusar sexualmente de uma menina de 11 anos foi pres…