Veja como mulher pretendia entrar em presídio portando estimulantes sexuais

239

O caso aconteceu no último domingo (30), uma mulher tentou entrar em um presídio com estimulantes sexuais escondidos, mas acabou sendo surpreendida pela vistoria.

A Penitenciária Valentim Alves da Silva, na qual a mulher foi flagrada, fica localizada na cidade de Álvaro de Carvalho (SP).

Segundo a Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), durante revista a visitante, agentes encontraram em meio a alguns gomos de linguiça, 40 comprimidos de Pramil, um estimulante sexual não registrado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e que entra ilegalmente no Brasil.

Foto: Divulagação
Foto: Divulgação

A visitante admitiu a intenção de levar os comprimidos a um detento. Por se tratar de medicamento de circulação proibida, a Polícia Militar foi acionada.
Segundo a SAP, as pessoas flagradas tentando entrar em presídios com objetos ilícitos são automaticamente suspensas do sistema de visitas.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Comentários