Vereador denuncia que Prefeitura de Manaus chega a pagar R$ 5 mil por uma luminária

90

O vereador Marcelo Serafim (PSB) colocou sob suspeita os contratos realizados para instalação das luminárias de LED da Prefeitura Municipal de Manaus, que chega a pagar R$ 5 mil pela unidade de luminária LED instalada em postes da capital. No ano passado Marcelo solicitou da prefeitura as notas fiscais de serviço e também informações sobre o preço das lâmpadas instaladas.

Vereador denuncia que Prefeitura de Manaus chega a pagar R$ 5 mil por uma luminária - Imagem: Divulgação
Vereador denuncia que Prefeitura de Manaus chega a pagar R$ 5 mil por uma luminária – Imagem: Divulgação

“É algo que foge dos padrões de razoabilidade. Tive conhecimento desse valor extraoficialmente. Eles falam que inclui instalação, mas vamos convir que a lâmpada deve custar R$ 800 pelo fato de ser um refletor diferenciado. Não há justificativa que a instalação seja tão cara assim. A cada ano essas luminárias devem ter redução no preço com o aumento da escala de produção. O valor não tem cabimento”, disse Marcelo Serafim.

Segundo o vereador quando à Câmara Municipal de Manaus retornar do recesso, ainda essa semana, ele irá apresentar requerimento para que a prefeitura especifique os gastos que estão feitos com iluminação.

A empresa LEDSTAR, fornecedora de soluções em iluminação LED, divulga entre os clientes a prefeitura de Manaus. A empresa, pertencente ao Grupo Unicoba, informa que foi responsável projeto luminotécnico na capital e que possui unidade fabril em Manaus e outra no interior de Minas Gerais.

Os contratos realizados para instalação das luminárias foram colocados sob suspeita pelo vereador. “Essa empresa é denunciada em outros locais por superfaturamento, então a Câmara não pode ficar a mercê de discutir esse assunto. Precisamos ter a clareza do que está efetivamente acontecendo. A base do prefeito na Câmara e a prefeitura não pode temer porque a transparência é fundamental”, diz o vereador.

Marcelo lamentou a falta de vontade de vereadores para aprovar requerimentos, de autoria da oposição, solicitando informações das secretarias. “É uma tristeza porque o parlamento existe para fiscalizar e não para estar ajoelhado para o prefeito”, finalizou.

Empresa responsável pela instalação das luminárias de LED tem R$ 46,5 milhões já empenhados pela Prefeitura neste ano. Levantamento nas publicações do Facebook da Prefeitura revelou que as principais cobranças da população referem-se à não instalação de luminárias LED nas ruas adjacentes, determinados trechos da rua ou do bairro que são contemplados. Apenas “vias turísticas” estão sendo bem iluminadas. Moradores também pedem manutenção na rede de iluminação e o acesso à licitação realizada para compra e instalação das lâmpadas.

Comentários