V√≠deo flagra homem espancando mulher com socos, chutes e pux√Ķes de cabelo, mas acusado √© solto por n√£o apresentar risco, segundo juiz

553

Preso ap√≥s ser flagrado por uma c√Ęmera de seguran√ßa agredindo a pr√≥pria mulher, o¬†empres√°rio Giorgio Alan Bortolin dos Santos foi solto pela Justi√ßa menos de 24 horas ap√≥s a pris√£o. O juiz respons√°vel abriu m√£o da fian√ßa e permitiu que o suspeito responda ao crime em liberdade.

V√≠deo flagra homem espancando mulher com socos, chutes e pux√Ķes de cabelo, mas acusado √© solto por n√£o apresentar risco, segundo juiz - Imagem: Reprodu√ß√£o
V√≠deo flagra homem espancando mulher com socos, chutes e pux√Ķes de cabelo, mas acusado √© solto por n√£o apresentar risco, segundo juiz – Imagem: Reprodu√ß√£o

A agressão foi registrada na noite de sexta-feira (17) em Araguaína, norte do Tocantins. Segundo a Polícia Civil, o casal é dono de um restaurante que funciona no hotel onde o espancamento ocorreu. No vídeo, é possível ver que a mulher foi atacada com socos, derrubada e chutada por Bortolin e ainda puxada pelo cabelo.

Ap√≥s a pris√£o, segundo a pol√≠cia o homem confessou as agress√Ķes. O delegado estabeleceu uma fian√ßa de R$ 50 mil, mas o valor foi desconsiderado pela Justi√ßa.

A liberdade de Bortolin teve parecer favor√°vel do Minist√©rio P√ļblico e segundo o juiz plantonista Fabiano Ribeiro, o suspeito n√£o representa risco para o cumprimento da lei.

O juiz estabeleceu algumas medidas restritivas para o marido: comparecer aos atos processuais, n√£o mudar de endere√ßo ou sair da comarca por mais de cinco dias sem autoriza√ß√£o da justi√ßa, assim como manter dist√Ęncia m√≠nima de 200 metros da mulher.

Tamb√©m n√£o poder√° fazer contato com parentes da mulher ou frequentar os mesmos locais que a v√≠tima, entre outras proibi√ß√Ķes.

Durante depoimento, a v√≠tima disse que n√£o era a primeira agress√£o que sofria. O marido n√£o tinha passagens pela pol√≠cia at√© o boletim de ocorr√™ncia do caso ser registrado. Ele √© natural de Santa Catarina e alegou que a discuss√£o foi motivada por ci√ļmes da esposa.

O v√≠deo mostra que ap√≥s as agress√Ķes a v√≠tima ainda foi puxada pelos cabelos at√© uma √°rea escura, onde n√£o √© poss√≠vel ver o que acontece.

O homem foi preso em flagrante e prestou depoimento. O delegado de plantão, Alexander Costa, estabeleceu fiança de R$ 50 mil para que ele respondesse em liberdade, mas valor não foi pago.

Bortolin foi levado para a Casa de Prisão Provisória de Araguaína. Porém, ganhou liberdade após decisão da Justiça. A mulher foi atendida em um pronto socorro e depois liberada.

O V√ćDEO CONTEM CENAS FORTES !!!

Coment√°rios