V√≠deo: gr√°vida morre ap√≥s ter √ļtero rompido durante acidente e beb√™ sobrevive

750

Uma beb√™ nasceu durante um tr√°gico acidente de tr√Ęnsito na Rodovia R√©gis Bittencourt, no interior de S√£o Paulo. A m√£e foi arremessada para fora de um caminh√£o e morreu ap√≥s ter o abd√īmen rompido, o que obrigou a beb√™ a nascer involuntariamente. O corpo da m√£e acolheu a beb√™ nos primeiros minutos de vida, o que foi fundamental para que a menina conseguisse sobreviver, informaram os m√©dicos que fizeram os primeiros socorros.
O acidente aconteceu por volta das 12h30 da √ļltima quinta-feira (26/7) no Km 517, na Serra do Azeite, em Cajati, S√£o Paulo.

V√≠deo: gr√°vida morre ap√≥s ter √ļtero rompido durante acidente e beb√™ sobrevive - Imagem: Divulga√ß√£o
V√≠deo: gr√°vida morre ap√≥s ter √ļtero rompido durante acidente e beb√™ sobrevive – Imagem: Divulga√ß√£o

Uma carreta que transportava tábuas de madeira saiu da pista e tombou. O motorista ficou preso nas ferragens do veículo e a passageira, uma gestante de cerca de 39 semanas, foi arremessada para fora do caminhão. A carga de madeira caiu na rodovia e atingiu a mulher.

Uma equipe realizava o resgate do motorista das ferragens do caminhão, enquanto a mulher estava embaixo de pranchas de madeira, quando os médicos ouviram um choro abafado de uma criança. Então as pranchas de madeira foram retiradas e a equipe avistou a criança entrelaçada nas vísceras da mãe, contou o médico Elton Barbosa.

A beb√™ foi encaminhada para a UTI Neonatal do Hospital Regional de Pariquera-A√ßu, cidade vizinha a Cajati. Ela nasceu com 3,12 kg e 46 cent√≠metros, mas apesar de saud√°vel, permanece internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal do Hospital Regional, como precau√ß√£o por conta do trauma do parto. Como n√£o h√° informa√ß√Ķes da m√£e, investigadores da pol√≠cia e conselheiros tutelares come√ßaram a procurar familiares e at√© o pai.

Enquanto a bebê estiver internada, a Polícia Civil irá tenta localizar os documentos dos pais. Caso nenhum familiar apareça, o Serviço Social do hospital aciona o Conselho Tutelar para levar a criança para um abrigo até que a Justiça determine o destino da criança.

A m√£e da menina teve esmagamento de cr√Ęnio e perdeu v√°rios membros. O corpo foi encaminhado para o Instituto M√©dico Legal (IML) de Registro. Por√©m, a mulher estava sem os documentos pessoais, a Pol√≠cia Civil utilizar√° a checagem de impress√Ķes digitais para tentar identific√°-la.

Jonathas Ferreira, o motorista da carreta, sobreviveu e foi autuado em flagrante por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. Ele foi encaminhado para o Hospital Regional de Pariquera-Açu, mas já recebeu alta hospitalar. Em depoimento formal à polícia, ele informou que não se recorda do que poderia ter causado o acidente.

Coment√°rios