Vídeo mostra criminosos forçando vítimas a cavarem a própria cova

468

Dois primos foram mortos na zona rural de Gravataí, na região metropolitana de Porto Alegre, após serem obrigados a cavar a própria cova. O crime, que a polícia acredita ter ocorrido na última sexta-feira (25), foi gravado em vídeo, que chegou à polícia e viralizou nas redes sociais.

Vídeo mostra criminosos forçando vítimas a cavarem a própria cova - Imagem: Reprodução Youtube
Vídeo mostra criminosos forçando vítimas a cavarem a própria cova – Imagem: Reprodução Youtube

Nas imagens, Vagner da Rosa da Rosa, de 17 anos, cava o buraco observado pelo primo Vitor Mateus da Rosa, de 22 anos, enquanto um criminoso com uma pistola nas mãos faz ameaças e zomba da situação. “Pode ficar tranquilo que depois do primeiro tiro, não vai doer”.

Loading...

Na segunda parte do vídeo as duas vítimas estão deitadas dentro do buraco cavado por elas e recebem mais de dez tiros de três homens. Em seguida, os criminosos ateiam fogo na dupla, junto com roupas e pertences pessoais.

“Pela observação do vídeo, a principal suspeita é que se trate de uma disputa entre facções”, afirma o delegado Felipe Borba, da Delegacia de Homicídios de Gravataí, que investiga o caso.

No vídeo, um dos quatro suspeitos afirma pertencer ao PCC (Primeiro Comando da Capital), facção paulista com atividade em outros Estados. De acordo com o delegado, os criminosos, ainda não identificados, pertenceriam à gangue “Anti-Bala”, que atua na região.

Borba diz suspeitar ainda que as vítimas fariam parte da gangue “Bala na Cara”. Nenhum dos primos, no entanto, tinham passagem pela polícia. O delegado afirma que a Polícia Civil está fazendo diligências para descobrir a identidade e paradeiro dos suspeitos.

Confira a primeira parte do vídeo:

 

 

Comentários

comentários