Vídeo mostra criminosos forçando vítimas a cavarem a própria cova

460

Dois primos foram mortos na zona rural de Gravataí, na região metropolitana de Porto Alegre, após serem obrigados a cavar a própria cova. O crime, que a polícia acredita ter ocorrido na última sexta-feira (25), foi gravado em vídeo, que chegou à polícia e viralizou nas redes sociais.

Vídeo mostra criminosos forçando vítimas a cavarem a própria cova - Imagem: Reprodução Youtube
Vídeo mostra criminosos forçando vítimas a cavarem a própria cova – Imagem: Reprodução Youtube

Nas imagens, Vagner da Rosa da Rosa, de 17 anos, cava o buraco observado pelo primo Vitor Mateus da Rosa, de 22 anos, enquanto um criminoso com uma pistola nas mãos faz ameaças e zomba da situação. “Pode ficar tranquilo que depois do primeiro tiro, não vai doer”.

Na segunda parte do vídeo as duas vítimas estão deitadas dentro do buraco cavado por elas e recebem mais de dez tiros de três homens. Em seguida, os criminosos ateiam fogo na dupla, junto com roupas e pertences pessoais.

“Pela observação do vídeo, a principal suspeita é que se trate de uma disputa entre facções”, afirma o delegado Felipe Borba, da Delegacia de Homicídios de Gravataí, que investiga o caso.

No vídeo, um dos quatro suspeitos afirma pertencer ao PCC (Primeiro Comando da Capital), facção paulista com atividade em outros Estados. De acordo com o delegado, os criminosos, ainda não identificados, pertenceriam à gangue “Anti-Bala”, que atua na região.

Borba diz suspeitar ainda que as vítimas fariam parte da gangue “Bala na Cara”. Nenhum dos primos, no entanto, tinham passagem pela polícia. O delegado afirma que a Polícia Civil está fazendo diligências para descobrir a identidade e paradeiro dos suspeitos.

Confira a primeira parte do vídeo:

 

 

Comentários

comentários

Loading...