Inicial Notícias Polícia Vídeos mostram população em Fonte Boa incendiando estuprador de criança após ter sido esquartejado

Vídeos mostram população em Fonte Boa incendiando estuprador de criança após ter sido esquartejado

O clima em Fonte Boa não está nada bem. Após Ronald Gomes Borges, 28 anos, ser preso em flagrante por estuprar Elcleciane Nascimento Duarte, 10 anos, em Fonte de Boa, os moradores resolveram fazer justiça com as próprias mão. O suspeito havia R$ 40 para ter relações sexuais com a criança, após negativa da vítima, ele aplicou um golpe de “mata leão” na menina, a estuprou e com uma corda asfixiou a menor. O crime aconteceu na tarde de quinta-feira (16) no município, distante 678 quilômetros em linha reta de Manaus.

Homem estupra, mata e esconde corpo de criança de 10 anos, em Fonte Boa

Segundo informou o investigador de Polícia Civil (IPC) Mário Alves, gestor da 55ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Fonte Boa, a menina auxiliava a companheira de Ronald na confecções de bolos e biscoitos. Na tarde do crime, Elcleciane estava na cozinha da casa do suspeito, localizada na Rua Oito, bairro Belarmino Lins, no momento em que houve a oferta em dinheiro para a menina ter relações sexuais com o suspeito.

A vítima negou e tentou fugir, no entanto, Ronald a pegou pelo braço e cometeu o crime, segundo a Polícia Civil do Amazonas (PC-AM). Após o estupro e a morte da menina por asfixia, Ronald, segundo informou o investigador Mário Alves, deixou o corpo da vítima em baixo da cama e, por volta das 19h, a companheira do suspeito entrou no quarto e encontrou o corpo da menina. Ronald tentou fugir para uma área de mata, mas, foi encontrado, por volta das 21h, por policiais militares.

População de Fonte Boa em frente a 55ª DIP após prisão de suspeito. Foto: Reprodução

Na delegacia, a esposa de Ronald informou que sofreu ameaças dele para não relatar o crime. Segundo informações de testemunhas, que não quiseram se identificar, o suspeito teria tentado coagir a mulher para enterrar o corpo da menina e não informar nada aos familiares da vítima. Entretanto, a mulher após encontrar o corpo de Elcleciane, informou à PM sobre o crime.

Após a prisão, os populares não se distanciaram da delegacia e um determinado momento, invadiram e tiraram o homem de lá de dentro da e o esquartejaram. Após o esquatejamento, foi feito uma fogueira com o corpo dele e incinerado. A população comemorava como uma conquista de título de campeonato.

Ao menos 3 vídeos mostram as etapas e estão circulando nas redes sociais, em especial no Whatsapp.

Vídeos mostram população incendiando estuprador de criança após ter sido esquartejado

Comentários

Carregue Mais Notícias Relacionadas
Comentários estão fechados.