Visita à Arena da Amazônia

1975

Em abril de 2013, haviamos compartilhado aqui no nosso blog uma entrevista com o arquiteto que projetou o estádio Arena da Amazônia. A entrevista era de 2009. De lá pra cá, muita água rolou. Somente no dia 11 de fevereiro, com ela ‘beirando’ os 97% de conclusão é que fomos visitá-la.

Francisco Jota, Marcus Pessoa e Donna Bowater
Francisco Jota, Marcus Pessoa e Donna Bowater

Nem tudo são flores na construção da Arena da Amazônia, e o governador sabe disso. Aliás, na manhã de quarta (12), durante a abertura da Reunião de Alinhamento e Integração dos Planos Operacionais para a Copa do Mundo de 2014, Omar afirmou que a Arena foi a obra que mais lhe causou “dor de cabeça” durante o mandato, mas não explicou o motivo. “Vocês ainda perguntam o porquê?”, disse ele aos jornalistas.

Funcionário da Arena da Amazônia
Funcionário da Arena da Amazônia

Em menos de um ano, três operários morreram em acidentes no canteiro de obras da Arena da Amazônia Vivaldo Lima. O número corresponde à metade de todos os óbitos em acidentes de trabalho em construções para o Mundial, em todo Brasil.

Funcionários trabalhando na instalação dos painéis de membrana da estrutura metálica, que compõem fachada e cobertura. A membrana é de fibra de vidro, revestida com PTFE (Teflon) e possui propriedades como durabilidade, resistência, incombustibilidade, reflexão da luz solar (entre 65% e 75%) e translucidez (entre 4% e 22%)
Funcionários trabalhando na instalação dos painéis de membrana da estrutura metálica, que compõem fachada e cobertura.
Loading...

Apesar dos pesares, a Arena é sem dúvida o estádio mais lindo da Copa 2014! As cores em laranja e amarelo são referência ao calor que nossa cidade faz. Visitamos a Arena da Amazônia em um dia nublado, e estava bem abafado no campo, embora tenha tido todo um estudo para ventilação.

Estádio Arena da Amazônia
Estádio Arena da Amazônia

Com arquitetura inspirada na floresta amazônica que rodeia a cidade de Manaus, a Arena da Amazônia é um estádio totalmente novo, localizado estrategicamente entre o aeroporto e o centro histórico da capital amazonense. O projeto atende todas as exigências da FIFA (incluindo o FIFA Green Goal) e foi pensado para tornar a Arena um espaço multifuncional após a Copa que, sem dúvidas, será o novo cartão postal da cidade.

Visão Panorâmica da Arena da Amazônia
Visão Panorâmica da Arena da Amazônia

A Arena da Amazônia terá capacidade para 44,5 mil torcedores e contará com camarotes, elevadores, 400 vagas para estacionamento subterrâneo, acessibilidade para portadores de necessidades especiais, restaurante, sistema de aproveitamento de água da chuva, estação de tratamento de esgoto e ventilação natural para redução do consumo de energia.

Estádio Arena da Amazônia
Estádio Arena da Amazônia

Para a cobertura da Arena da Amazônia, foram instalados painéis de membrana da estrutura metálica, que compõem fachada e cobertura. A membrana é de fibra de vidro, revestida com PTFE (Teflon) e possui propriedades como durabilidade, resistência, incombustibilidade, reflexão da luz solar (entre 65% e 75%) e translucidez (entre 4% e 22%)

Painéis de membrana da estrutura metálica, que compõem fachada e cobertura. A membrana é de fibra de vidro, revestida com PTFE (Teflon) e possui propriedades como durabilidade, resistência, incombustibilidade, reflexão da luz solar (entre 65% e 75%) e translucidez (entre 4% e 22%)
Painéis de membrana da estrutura metálica, que compõem fachada e cobertura.

Por ser fotossensível, a aparência da membrana é alterada pela exposição ao sol,  até atingir sua cor final, que é o branco. Uma das vantagens do uso da membrana revestida com Teflon é a menor aderência de sujeira nos painéis, o que simplifica a manutenção do material, nos explicou a Jaqueline Cabral, Assessora de Comunicação na empresa Andrade Gutierrez S.A.

Trabalhos intensos para a grama do estádio ficar um verdadeiro tapete.
Trabalhos intensos para a grama do estádio ficar um verdadeiro tapete.
Trabalhos intensos para a grama do estádio ficar um verdadeiro tapete.
Trabalhos intensos para a grama do estádio ficar um verdadeiro tapete.

Durante a nossa visita, acompanhamos a repórter inglesa Donna Bowater que conheceu o nosso blog ainda do Rio de Janeiro, se amarrou, e veio pra Manaus ano passado à trabalho. Na sua segunda visita a Manaus, ela entrevistou também um rapaz que se inscreveu para ser voluntário na Copa do Mundo. O Ronaldo (a.k.a Ronald Dean Santos) , contou para a Donna a sua expectativa para o mundial, como foi esse processo de entrevistas e muito mais. Assim que o Daily Telegraph ou o Sunday Telegraph disponibilizar as reportagens, compartilharemos aqui com vocês também. Aproveitamos o gancho e também fizemos algumas perguntas para o Ronaldo, o nosso vídeo está no final deste post!

Ronaldo, Donna e Gustavo
Ronaldo, Donna e Gustavo
Nossa parceira internacional e que muito me encanta sempre que visita Manaus.
Nossa parceira internacional e que muito me encanta sempre que visita Manaus, Donna Bowater.

Depois da nossa visita no gramado da Arena, fomos para o andar superior. De lá, a vista não tem igual. É simplesmente incrível! Olha como é a visão panorâmica da Arena da Amazônia!

Visão Panorâmica da Arena da Amazônia
Visão Panorâmica da Arena da Amazônia
Donna Bowater, Gustavo Domingues, Ronaldo, Marcus Pessoa
Donna Bowater, Gustavo Domingues, Ronaldo, Marcus Pessoa

E a nossa visita se resumiu apenas a parte externa da Arena, o principal motivo é que na parte interna é onde estão as principais frentes de trabalho. Ainda faltam os acabamentos dos camarotes, além de pinturas de paredes e revestimento do forro. A Arena da Amazônia está linda, esperamos que não vire um elefante branco, e pelo que nos foi dito nos bastidores, ela não virará. Algumas empresas já estão brigando pela concessão de exploração da mesma. Assim sendo, ela será muito mais do que palco de campeonato amazonense. No meio dos responsáveis pela nossa visita técnica, encontrei o Fredson Farias. O Fredson disse que é fã da página e que a mãe dele morre de rir com as nossas postagens. Então, resolvemos tirar essa foto especialmente para a mãe dele. \o/

Marcus Pessoa e Fredson Farias
Marcus Pessoa e Fredson Farias

Agradeço também ao fotógrafo Francisco Cunha Jota que tem nos apoiado sempre que pedimos, e por se mostrar um excelente profissional.

Francisco Cunha Jota  e Marcus Vinicius Marques Pessoa
Francisco Cunha Jota e Marcus Vinicius Marques Pessoa

 

No Amazonas é Assim: Visita à Arena da Amazônia

Comentários

comentários

Curta nossa página do Facebook