Inicial Notícias Política Vítima de boato em redes sociais, microempresário teme pela própria vida

Vítima de boato em redes sociais, microempresário teme pela própria vida

5 minuto de leitura
0
91

Na manhã deste último domingo (24), a fanpage “Portal da Capital AM”, de autoria de Jorge Pena de Oliveira, fez uma publicação de um rapaz tatuado e boné de aba reta, na qual “segundo informações, este vagabundo e o traficante chefe da boca e pelo fato de ter embassado no local, deu a ordem para matar os policiais que moram perto da rua onde trafica. O bandido mora no novo aleixo próximo ao Terra Brasil, ali por perto do cristo redentor.

Denuncia na fanpage do "Portal da Capital AM" feita em Domingo, 24 de setembro de 2017 às 11:08 / Reprodução Facebook
Denuncia na fanpage do “Portal da Capital AM” feita em Domingo, 24 de setembro de 2017 às 11:08 / Reprodução Facebook

Após essa publicação, o microempresário Ronildo Moraes da Silva, de 40 anos, está assustado e temendo pela sua vida. Na publicação da sua foto que está viralizando na internet com a informação de que ele seria o mandante de matar policiais, tem mais gente pedindo para remover o conteúdo e esclarecer os fatos, do que ameaçando-o, porém, ainda assim, a família e amigos ficam receosos de onde isso pode parar, principalmente depois que essa informação comece a ser repassada para outras redes sociais como o Whatsapp.

Na publicação original, o nome de Ronildo não é citado. Ele é identificado como morador do bairro Novo Aleixo, próximo ao Terra Brasil. O microempresário, de fato,  mora no bairro Novo Aleixo e é bastante conhecido também na região do São José e no Centro de Manaus devido a sua joalheria.

— Estão acabando com a minha vida. Não sei quem inventou essa mentira, mas minha família toda está ameaçada por causa de uma calúnia — desespera-se Ronildo.

Ronildo contou à redação do No Amazonas é Assim que por volta das 11h, Policiais Militares e carros particulares começaram a passar com frequência em frente ao seu outro ponto  comercial , seu mercadinho próximo ao Cristo Redentor, que cuida com o filho de 19 anos. Em um certo momento, uma viatura se aproximou de sua casa e conversou com a sua esposa Luciana, depois disso foram embora.

Por volta de meio dia, sua filha Laura, chegou em casa e mostrou a publicação ao pai. Neste momento à sua esposa o conduziu para ir registrar um Boletim de Ocorrência e se resguardar. Primeiramente eles foram no 6° DIP – Distrito Integrado de Polícia, localizado na Av. Noel Nutels, 500, bairro Cidade Nova, zona norte de Manaus e então foram orientados à procurar o 27º DIP,  localizado na Av. Cel. Sávio Belota, 316, no bairro Novo Aleixo, zona Leste de Manaus, local onde ele registrou o B.O

Ronildo contou que estava sem entender no início um pouco a seriedade do caso, e por insistência da família registrou o B.O e gravou o vídeo abaixo.

https://youtu.be/FA8Td91HXWo

Após perceber que as mensagens, no entanto, continuaram a ser compartilhadas e as ameaças estavam cada vez mais fortes, então Ronildo decidiu publicar um segundo vídeo na internet para esclarecer o ocorrido. Em outro vídeo, um pouco mais a vontade na sua casa, na gravação, ele exibe suas tatuagens e diz que possui casa própria, possui uma microempresa e se defende que não é traficante e é pai de família.

https://youtu.be/_KBr7TS7FOQ

Ele nos contou que tudo começou quando disseram que ele havia ameaçado uma policial. Ele e a família então pediram para a Policial ir fazer o reconhecimento, está, no entanto, se negou por temer a sua vida, além disso, ela disse que não tinha certeza, pois havia sido dito por um outro policial que ouvira de um outro policial.

As acusações chegaram a ser divulgadas em perfis de usuários e páginas da rede social, mas foram tiradas do ar após a divulgação do vídeo. Nos grupos de WhatsApp, no entanto, a mensagem continua a ser compartilhada.

Ronildo disse que ao sair do 27º DIP notou que seu carro estava arranhado, e foi então quando ele percebeu de fato que as ameaças estavam ganhando proporções maiores.

O portal investigou a Certidão Negativa Civel e Criminal de Ronildo, e nada consta.

CERTIDÃO DE DISTRIBUIÇÃO PARA FINS GERAIS PROCESSOS ORIGINÁRIOS CIVEIS E CRIMINAIS CERTIFICAMOS, após pesquisa nos registros eletrônicos de distribuição de ações e execuções Cíveis e Criminais mantidos no Tribunal Regional Federal da 1ª Região, que N A D A C O N S T A contra RONILDO MORAES DA SILVA nem contra o CPF: 516.530.792-15.
CERTIDÃO DE DISTRIBUIÇÃO PARA FINS GERAIS PROCESSOS ORIGINÁRIOS CIVEIS E CRIMINAIS
CERTIFICAMOS, após pesquisa nos registros eletrônicos de distribuição de ações e execuções Cíveis e Criminais mantidos no Tribunal Regional Federal da 1ª Região, que N A D A C O N S T A
contra RONILDO MORAES DA SILVA nem contra o CPF: 516.530.792-15.

Morte em 2014

Em maio de 2014, a dona de casa Fabiane Maria de Jesus foi espancada e morta depois de ser confundida com uma suposta sequestradora de crianças que praticava rituais de magia negra em Guarujá, no litoral de São Paulo. A confusão começou quando uma página do Facebook publicou o retrato falado da suspeita. A informação chegou até moradores da cidade da dona de casa, que a agrediram.

Comentários

Carregue Mais Notícias Relacionadas
Comentários estão fechados.