Whatsapp do Detran – AM

934

Agora o cidadão já pode denunciar os motoristas infratores em tempo real. O O Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) liberou um número para receber as denúncias.

Confira toda a novidade na matéria abaixo do D24AM

Whatsapp do Detran - AM
Whatsapp do Detran – AM

Manaus – O Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) lançou, nesta terça-feira (7), a campanha de sensibilização ‘Se beber, escolha viver, não dirija’ e novas ferramentas de comunicação para a população ajudar a combater infrações no trânsito, entre elas o WhatsApp (98802-5246) para permitir que os internautas possam enviar fotos e vídeos com o registro da placa do veículo que apresentar condutas irregulares no trânsito.

Loading...

No primeiro trimestre deste ano, o órgão registrou no Amazonas um aumento de 26,15% no número de vítimas fatais em acidentes, em comparação com o mesmo período do ano passado. A campanha aborda os malefícios da mistura de álcool e direção e será publicada nos diversos veículos de comunicação, bem como deve ser tema de audiências públicas nas casas legislativas estadual e municipal.

“Essa campanha será massificada devido ao grande número de assassinatos no trânsito por pessoas alcoolizadas no período do Carnaval. Muitas famílias tiveram entes queridos mortos devido à irresponsabilidade de motoristas que teimam em dirigir embriagados”, disse o diretor-presidente do Detran, Leonel Feitoza.

“Com esse WhatsApp não queremos aumentar o número de multas, mas queremos que a população esteja do nosso lado e que todos saibam que estão sendo vigiados, ou seja, que aquele motorista que está lado dele e que não concorda com o ato praticado, vai ser denunciado. As pessoas não aguentam mais ver notícias de crimes no trânsito e temos certeza que a população será nossa aliada”.

O outro canal criado é o aplicativo ‘Detran na Mão’ que vai servir para enviar sugestões para melhorar o atendimento do órgão, caso o cidadão encontre alguma irregularidade nos postos de atendimento do Detran-AM. Para ter acesso, os usuários de internet podem baixar o aplicativo pelo Google Play ou pelo site do Detran.

Parceria  
Para intensificar as blitzes e fiscalizações, o Detran-AM vai trabalhar de maneira integrada com os órgãos da Prefeitura de Manaus. Segundo o diretor-presidente do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans), Paulo Henrique, a fiscalização será mais rígida.

“Temos de aprimorar os nossos mecanismos de fiscalização para tirar da rua aquele motorista infrator”, afirmou Feitoza.

Conversão à direita causa confusão na Faixa Azul

A Faixa Azul  na Avenida Mario Ypiranga Monteiro, zona centro-sul, como corredor preferencial para ônibus ainda confundiu os motoristas, no segundo dia de funcionamento, ontem.  Com medo das multas, muitos condutores optam por fazer a troca abruptamente, sob o risco de colisões ou atropelamentos.
Por se tratar de uma via com ruas que convertem à direita,   com condomínios residenciais,  clínicas e o Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, também à direita, o corredor preferencial pode ser utilizado por outros veículos para acessar garagens ou fazer conversões.

O bancário Jefférson Moraes, 32, reclama que, na altura do Hospital Pronto Socorro 28 de Agosto, os motoristas optam por entrar na Faixa Azul muito “em cima”, por medo da multa. “A mudança abrupta de faixas é um perigo, pode causar  colisões e atropelamentos”, disse.

Quando o fluxo está intenso, quem precisa dobrar à direita e não quer andar na Faixa Azul precisa parar, causando retenção dos veículos atrás, afirma a dona de casa Lucas Guimarães.

Sinalizado
O  Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito  (Manaustrans) informou que a  via foi sinalizada com placas verticais, que orientam os condutores quanto à exclusividade da pista e sinalização horizontal na própria Faixa Azul. O corredor preferencial pode ser utilizado por outros veículos para acessar garagens ou fazer conversões nas esquinas à direita, nos trechos sinalizados com faixas ‘brancas interrompidas’.

O veículo pode trafegar na Faixa Azul, com a seta ligada por até 30 metros e será multado somente se prosseguir pelo corredor preferencial por mais de um cruzamento.

A fiscalização na  Faixa Azul da Avenida Mário Ypiranga Monteiro começou na última segunda-feira, no  trecho entre o viaduto Miguel Arraes e o cruzamento com o Boulevard Álvaro Maia. Há uma placa indicando o início do corredor preferencial e outra informa as vias onde devem trafegar os ônibus e os carros.

De acordo com o Artigo 184, inciso primeiro do Código de Trânsito Brasileiro, “transitar com o veículo na faixa ou pista da direita, regulamentada como de circulação exclusiva para determinado tipo de veículo, exceto para acesso a imóveis lindeiros (vizinhos) ou conversões à direita” é infração leve (três pontos na carteira de habilitação) e a multa é de R$ 53,20.

Comentários

comentários

Curta nossa página do Facebook