Home Notícias Polícia Whatsapp é a porta de entrada preferencial dos hackers no AM

Whatsapp é a porta de entrada preferencial dos hackers no AM

2 min - tempo de leitura
98

Em 2019, no Amazonas, 160 Boletins de Ocorrência (B.O) relataram invasão de dispositivos eletrônicos de acordo com dados da Polícia Civil, dentre as redes sociais mais invadidas pelos hackers, o WhatsApp é o que mais tem registro.

Dentre os golpes mais comuns, de acordo com o delegado Gesson Aguiar, da Delegacia Interativa, está o pedido de dinheiro.

Aguiar diz que após clonar as contas, os criminosos enviam mensagens aos contatos da vítima para solicitar doação de recursos financeiros em nome delas.

“O crime de estelionato é um dos objetivos principais das invasões. O que normalmente os criminosos pedem das vítimas é dinheiro, é patrimônio. Os maiores casos registrados são de invasão de dispositivo, seguido de falsa identidade, porque os criminosos fazem perfis fakes e se escondem atrás deles”, afirmou.

O delegado orienta que a população não preencha algo que desconheça com dados pessoais, evite acessar dados ou contas em redes públicas de Wi-Fi e nunca responda e-mails com mensagens de conteúdo desconhecido que contenham links. O cidadão pode registrar as ocorrências online.

A Delegacia Interativa investiga os crimes ocorridos no ambiente cibernético e funciona na Delegacia Geral de Polícia Civil, situada na Avenida Pedro Teixeira, bairro Dom Pedro, Zona Centro-Oeste de Manaus.

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Marcus Pessoa
Carregar Mais Em Polícia

Deixe uma resposta

Leia Também

Aleam antecipa pauta da próxima semana com oito Projetos de Lei e cinco vetos do governo

  A Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) vai colocar em votação, na próxima sem…