Home Notícias Manaus Wilson Lima discutirá em Brasília a situação da Rodovia BR-319 com outros líderes da região norte

Wilson Lima discutirá em Brasília a situação da Rodovia BR-319 com outros líderes da região norte

5 min - tempo de leitura
11

O governador do Estado, Wilson Lima, recebeu, na tarde desta quarta-feira (30/01), na sede do Governo do Estado, o procurador-chefe em exercício do Ministério Público Federal, Rafael da Silva Rocha, para uma reunião sobre a BR-319, que liga Manaus a Porto Velho, em Rondônia.

Na reunião, eles discutiram o cenário atual da rodovia, os detalhes do projeto de recuperação e asfaltamento, a viabilidade da rodovia, a necessidade do estudo de impacto ambiental e de implantação de políticas públicas para proteger a floresta, e sobre as comunidades tradicionais e como desenvolver a região.

Foto: Ione Moreno
Wilson Lima discutirá em Brasília a situação da Rodovia BR-319 com outros líderes da região norte. / Foto: Ione Moreno

Também participaram do encontro os secretários de Infraestrutura, Carlos Henrique dos Reis Lima, e de Meio Ambiente, Eduardo Taveira, e o diretor-presidente do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas, Juliano Valente.

Na última sexta-feira (25/01), a BR-319 foi fechada para o tráfego de veículos devido à falta de manutenção no trecho que vai do quilômetro 250 ao 655, conhecido como trecho do meio, que fica entre a capital Manaus e Humaitá, município do sul do estado. Além disso, as obras de manutenção, realizadas pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), têm durado apenas o período de verão amazônico. É na estação chuvosa que a situação se agrava e a estrada fica intrafegável com um risco maior de acidentes.

“A BR-319 precisa sair do papel porque há anos ela vem sendo discutida e nada foi resolvido até o momento. Nós precisamos dar os passos certos, seguir pelo caminho correto para destravar o que é impasse e permitir que o Amazonas esteja ligado ao restante do país por uma estrada. A propósito, os trechos pavimentados, que já existem, precisam estar em boas condições. E nós vamos defender isso. Defender investimentos na rodovia. O Governo Federal pretende investir 100 bilhões de reais nos próximos quatro anos em estradas do país. Por isso, nós vamos lutar para que a BR-319 esteja entre as prioridades”, afirmou Wilson Lima.

Agenda em Brasília
Está marcada para o dia 5 de fevereiro, no Ministério de Infraestrutura, em Brasília, uma reunião com o ministro Tarcísio Freitas, que vai contar com a presença de deputados federais e senadores, da bancada do Amazonas, além de governadores de outros estados da região Norte. O governador do Acre, Gladson Cameli, e o governador de Roraima, Antônio Denarium, já confirmaram presença. O governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha, também deve participar.

BR-319
A rodovia federal foi aberta na década de 70, período de regime militar, para integrar a Amazônia. Ela tem 885 km de extensão. Nas décadas de 80 e 90, a manutenção da estrada foi abandonada pelo poder público. A rodovia foi fechada em 1988, quando a empresa que ainda explorava a linha Porto Velho-Manaus decidiu suspender os serviços por falta de condições de tráfego.

Somente nos anos 2000, as obras de pavimentação foram retomadas e as duas pontas da rodovia foram asfaltadas (Manaus-Careiro e Humaitá-Porto Velho). Na ocasião, houve dispensa de licenciamento ambiental para esses trechos e considerou-se que o trecho central, cerca de 405,7 km, não poderia receber os serviços porque se tratava de reconstrução e não pavimentação. Esse trecho central está hoje em situação precária e aguarda a elaboração do relatório e estudo de impacto ambiental (EIA/Rima), que vem sendo elaborado pelo Dnit, para avaliação definitiva do Ibama. A previsão é de que o documento fique pronto em 2020.

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Nickson Maciel
Carregar Mais Em Manaus

Deixe uma resposta

Leia Também

Alunos nordestinos fazem saudação nazista em sala de aula e são suspensos pela direção

Um grupo de adolescentes de 17 anos  do Colégio Santa Maria, um dos mais tradicionais da r…